Voltar ao Início

Você está em:

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele
Amanda Omura

Amanda Omura

Como remanescente desafiante a Donald Trump na corrida pela indicação republicana à Casa Branca, a ex-embaixadora da ONU Nikki Haley parte para o tudo ou nada nas primárias de New Hampshire, nesta terça-feira (23), sabendo que as expectativas de uma vitória são baixas.

Um resultado razoável seria estreitar a vantagem do ex-presidente para ganhar impulso até as prévias em seu estado natal, a Carolina do Sul, onde foi governadora em dois mandatos.

Na esperança de conseguir aglutinar os opositores de Trump no partido e os eleitores independentes, para obter um bom desempenho em New Hampshire, Haley mudou de estratégia nos últimos dias e passou a confrontá-lo abertamente.

Questionou a sua aptidão mental — Trump trocou seu nome com o da ex-presidente da Câmara Nancy Pelosi — e criticou-o por mentir e tentar fazer amizade com ditadores que querem matar os americanos.

Esse esforço de resistência a Trump, contudo, chega tarde para ela. Única mulher entre os pré-candidatos republicanos, Haley evitou criticar o concorrente favorito, embora tenha sido alvo de seus ataques racistas e sexistas.

E errou feio quando recusou-se a dizer que a escravidão foi o principal causador da Guerra Civil, assegurando que os EUA nunca foram um país racista.

A ex-governadora preferiu se apresentar aos eleitores como a melhor alternativa a uma revanche entre Trump e Biden, que define como “mais do mesmo”, e apelou para o fator idade e para uma mudança geracional na Presidência dos EUA.

“Queremos realmente ter dois candidatos na casa dos 80 anos?”, questionou, aos 52 anos.

Como os demais concorrentes republicanos, que acabaram desistindo da disputa, Haley sofreu bullying de Trump. Filha de imigrantes indianos e nascida Nimarata Nikki Randhawa, foi alvo de piadas e foi chamada de burra pelo ex-presidente.

Ainda assim, ela disse que o perdoaria, caso fosse presidente dos EUA e ele, condenado pela Justiça por 91 acusações em quatro processos.

Posts Relacionados

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Corte de Apelações rejeitou pedido de advogados do ex-presidente de que ele gozava de proteção legal porque era presidente à época

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

pt_BRPortuguese