Voltar ao Início

Você está em:

O que funciona e o que não funciona para deixar de roncar?

A apneia é a causa mais grave do ronco. Ela ocorre quando as nossas vias aéreas se estreitam ao ponto em que chegam a ficar bloqueadas interrompendo a respiração
Amanda Omura

Amanda Omura

Se você ronca ou vive com alguém que ronca, sabe como é desconfortável a situação. A boa notícia é que existem soluções para acabar com o problema, até mesmo para os quadros mais graves.

O que pode ajudar?
Tentar perder peso:
Funciona SOMENTE se você estiver acima do peso ou se for obeso e se o seu ronco estiver associado a esses quadros, já que, de modo geral, a gordura acumulada nas vias aéreas dificulta a passagem de ar. Em obesos mórbidos, por exemplo, a incidência da apneia do sono ultrapassa 50%.

A apneia é a causa mais grave do ronco. Ela ocorre quando as nossas vias aéreas se estreitam ao ponto em que chegam a ficar bloqueadas, interrompendo a respiração por alguns segundos.

Por esse motivo, o NHS, o serviço de saúde britânico, recomenda que você leve em consideração praticar exercícios para manter um peso saudável caso identifique sinais de ronco e o seu IMC esteja acima de 25 (sobrepeso).

Alguns estudos demonstraram inclusive que perder cerca 10% do seu peso corporal pode resultar em uma melhora de 50% nos sintomas da apneia em pessoas com grau moderado de obesidade.

Mesmo assim, por ser uma questão comportamental - e muitas vezes difícil de resolver - Sandra Doria, otorrinolaringologista com especialização em Medicina do Sono e pesquisadora do Instituto do Sono, explica que é preciso levar em consideração o quadro de cada paciente e combinar a perda de peso numa avaliação mais completa.
Evitar o consumo de álcool:
Por ser uma droga depressora (que diminui certas funções ou sensações), o álcool causa o relaxamento dos músculos da garganta. Ou seja, a passagem de ar fica mais obstruída por causa da substância.

Por isso, evitar tomar bebidas alcoólicas, principalmente em torno de 4 horas antes de se deitar, pode ser uma boa estratégia.

Evitar fumar:
Fumar aumenta o risco de roncar já que o hábito irrita a garganta, causando seu inchaço. Em função disso, quantos cigarros mais você fumar ao longo do dia, mais propenso ficará a um quadro grave de apneia.

O que não funciona?
Dilatadores nasais:
Não solucionam o problema e podem causar outros distúrbios.

João Gallinaro, psiquiatra com especialização em Medicina do Sono pelo Hospital das Clínicas da USP, explica que os equipamentos apenas facilitam a entrada de ar na abertura do nariz, mas não resolvem o problema onde ele está localizado, que é na base da musculatura da garganta.

Dormir de lado:
Funciona em alguns casos, mas é uma solução temporária. Em pessoas com sobrepeso, por exemplo, dormir de lado pode não fazer muita diferença.

Muitos roncadores, porém, só roncam quando dormem de barriga para cima, posição que favorece o estreitamento das vias aéreas.

Se esse for o seu caso, tente dormir de lado e use travesseiros para manter essa posição.

Posts Relacionados

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Vendidos em cápsulas ou como bebidas, os pré-treinos são turbinados com cafeína e vendidos sem prescrição médica

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Comer emocional acontece quando, em uma ocasião determinada, se come mais do que se comeria normalmente

pt_BRPortuguese