Voltar ao Início

Você está em:

O que são as Paso, as primárias argentinas

Votação prévia às eleições presidenciais existe desde 2011 e define candidato de cada partido, além de eliminar siglas nanicas
Amanda Omura

Amanda Omura

O cenário político da Argentina atraiu a atenção do mundo neste domingo (14). Para além do resultado inesperado - o ultraconservador Javier Milei liderou os votos -, o modelo de prévias do país latino-americano chamou a atenção, já que as eleições de fato só ocorrem em outubro.

As primárias argentinas são uma votação obrigatória pelo Código Eleitoral local para definir os candidatos que concorrerão às eleições presidenciais. É um formato relativamente novo - existe desde 2011 - e único no mundo, porque:
A votação é obrigatória a todos os cidadãos aptos a votar;
É diferente de primárias mais tradicionais, de países como França e EUA, nas quais afiliados de partidos escolhem os candidatos apenas de suas siglas, em datas diferentes; no caso Argentino, todas as siglas passam pela votação no mesmo dia;
Todos os partidos são obrigados a fazer prévias, ainda que só tenham um candidato concorrendo que queira concorrer à presidência, ou ainda um consenso dentro da sigla;
Como funcionam as primárias
Todos os eleitores são então convocados às urnas em um mesmo dia - que neste ano, foi no domingo (13). Ao chegar ao local de votação, o eleitor depara-se com distintas cédulas, cada qual de um partido diferente;
O eleitor então escolhe a cédula do grupo político de sua predileção e vota nas primárias dessa agremiação;
Para avançar na corrida presidencial, todos os candidatos que concorrem nas primárias precisam de, no mínimo, 1,5% dos votos para se tornarem elegíveis - assim, os partidos nanicos são eliminados, o que foi o principal objetivo da criação desse processo prévio de votação.
Com o resultado, as primárias também definem, na mesma época, o candidato de cada legenda;

Historicamente, as primárias - conhecidas pela sigla Paso (Primárias Abertas, Simultâneas e Obrigatórias) - servem como uma espécie de ensaio para as eleições gerais e um termômetro de quem tem chances reais de vencer.

Posts Relacionados

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Israel combate o Hamas e o Hezbollah, aliados do Irã, que apoia também os Houthis, grupo rebelde do Iêmen que ataca navios

pt_BRPortuguese