Voltar ao Início

Você está em:

O sintoma pouco falado da depressão que desafia o tratamento

Este sintoma é conhecido como anedonia e está presente em até 75% dos adultos e jovens com depressão
Amanda Omura

Amanda Omura

Costuma-se pensar que alguém que está deprimido irá se sentir triste ou desanimado na maior parte do tempo. Mas o que muitas pessoas não percebem é que estes não são os únicos sintomas da depressão.

Outro sintoma comum que, às vezes, é menosprezado é a sensação de que as coisas de que você costumava gostar não são mais interessantes ou prazerosas.

Este sintoma é conhecido como anedonia e está presente em até 75% dos adultos e jovens com depressão. Mas, mesmo sendo um sintoma comum, a anedonia ainda é de difícil tratamento e administração.

Perda de prazer
A anedonia é definida como a redução do interesse ou prazer em todas ou quase todas as atividades antes apreciadas por uma pessoa.

Uma pessoa que sofre de anedonia por extenso período de tempo (consistentemente, por pelo menos duas semanas) pode ser diagnosticada com depressão, mesmo se não se sentir triste ou desanimada.

E, embora seja principalmente associada à depressão, a anedonia também pode ser um sintoma de outros transtornos, como a esquizofrenia, a ansiedade e o mal de Parkinson.

Meus colegas e eu realizamos entrevistas detalhadas com jovens sobre depressão. Muitos deles descreveram a anedonia não só como a perda da alegria, mas também como ter menos motivação para fazer as coisas.

Para alguns, esta falta de motivação foi relacionada apenas a ações específicas, como ir para a escola ou encontrar os amigos. Mas, para outros, era algo mais grave. Eles sentiam que não queriam fazer absolutamente nada – nem mesmo viver.

Mas, por mais perturbadora que possa ser a anedonia, ela muitas vezes não é o objetivo principal do tratamento da depressão.

Recomenda-se que casos leves de depressão sejam tratados com psicoterapia. E, para pessoas com casos moderados ou graves, pode-se prescrever antidepressivos.

Todos estes tratamentos pretendem ajudar os pacientes a lidar com os sintomas e superá-los, mas mais da metade das pessoas com depressão não reage ao primeiro tratamento recomendado. E, mesmo depois de alterar o tratamento, cerca de 30% dos pacientes ainda sentem seus sintomas.

Argumenta-se que uma razão dessas baixas taxas de reação pode ser o fato de que as técnicas atuais de tratamento não abordam adequadamente a anedonia.

Pesquisas também demonstram que sofrer de anedonia é um prenúncio de reincidência crônica da depressão. E é até possível que alguns tratamentos com antidepressivos possam agravar a anedonia.

Por que isso acontece? Uma possibilidade é que os atuais tratamentos padrão concentrem-se principalmente em tratar o humor depressivo e os processos cerebrais subjacentes ao desânimo, mas não a anedonia.

Mas, como a anedonia é a perda da alegria de viver, tratamentos como a ativação comportamental (uma forma de psicoterapia) poderiam funcionar melhor para a anedonia. Isso porque a ativação comportamental pretende ajudar as pessoas com depressão a tomar medidas simples e práticas para voltar a apreciar a vida.

Posts Relacionados

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

A dermatite atópica também é conhecida como eczema atópico. De origem grega, o termo significa pele que ferve

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Vendidos em cápsulas ou como bebidas, os pré-treinos são turbinados com cafeína e vendidos sem prescrição médica

pt_BRPortuguese