Voltar ao Início

Você está em:

Os ataques de drone a área residencial em Moscou

Putin diz que os ataques de drones contra a capital russa tiveram como alvo civis, enquanto a Ucrânia nega envolvimento
Amanda Omura

Amanda Omura

Moscou foi alvo de uma onda de ataques de drones em larga escala na terça-feira (30), cuja autoria o Kremlin atribuiu à Ucrânia.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que os drones tinham como alvo civis, mas que as defesas aéreas da Rússia conseguiram lidar satisfatoriamente com a ameaça.

Kiev negou responsabilidade.

Os ataques atingiram alguns dos bairros mais proeminentes de Moscou, incluindo um subúrbio a oeste da capital, onde Putin e outros membros da elite russa têm residência.
A investida em Moscou aconteceu na sequência de um ataque com drones em Kiev, no qual pelo menos uma pessoa morreu.

As autoridades ucranianas disseram que as defesas aéreas do país interceptaram mais de 20 drones, cujos destroços incendiaram edifícios.

O ataque em Moscou
Esta é a primeira vez que Moscou é alvo de um ataque com múltiplos drones desde que a Rússia invadiu a Ucrânia.
"Às 6h24 da manhã, ouvi uma explosão ao longe, e as janelas da minha casa tremeram", contou Steve Rosenberg, correspondente da BBC em Moscou.

O Ministério da Defesa afirmou que oito drones direcionados à capital russa foram interceptados.
"Três deles foram suprimidos por interferência eletrônica, perderam o controle e foram desviados dos alvos previstos. Outros cinco drones foram abatidos pelo sistema de mísseis terra-ar Pantsir-S na região de Moscou", informou o ministério em comunicado.

Apesar de os drones terem sido abatidos, o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, afirmou que alguns edifícios residenciais foram danificados. "Como consequência de um ataque de drones, foram causados pequenos danos em vários edifícios", ele escreveu em seu canal no Telegram.

Duas pessoas, segundo ele, tiveram que ser hospitalizadas, mas ninguém ficou gravemente ferido. Centenas de moradores tiveram que ser retirados preventivamente dos edifícios por algumas horas.

Posts Relacionados

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Israel combate o Hamas e o Hezbollah, aliados do Irã, que apoia também os Houthis, grupo rebelde do Iêmen que ataca navios

pt_BRPortuguese