Voltar ao Início

Você está em:

Petrobras sobe preço do diesel em R$ 0,40 por litro a partir de hoje

Preço médio do litro vendido vai passar de R$ 4,51 para R$ 4,91, um aumento de 8,87%
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (9) que vai elevar o preço do diesel para as distribuidoras. O preço médio do litro vai passar de R$ 4,51 para R$ 4,91 a partir de terça (10), um aumento de 8,87%.
Os preços da gasolina e do gás de cozinha não serão alterados.

Segundo a petroleira, o diesel não sofria reajuste há 60 dias – desde 11 de março. Naquele momento, diz a Petrobras, a alta refletia "apenas parte da elevação observada nos preços de mercado".

Com o novo reajuste, o diesel já acumula no ano alta de 47% nas refinarias da Petrobras.
"Com esse movimento, a Petrobras segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado", afirma a estatal em nota.
A Petrobras afirma ainda que, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel A e 10% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da petroleira no preço pago pelo consumidor passará de R$ 4,06, em média, para R$ 4,42 a cada litro vendido na bomba.

O reajuste foi realizado enquanto as cotações de diesel e gasolina apresentavam defasagem em relação à paridade internacional, com a diferença em -27% para o primeiro e -22% para o segundo, conforme avaliação do Itaú BBA, na última sexta-feira.

Na semana passada, os preços internacionais do petróleo acumularam alta de quase 4%, com o barril do Brent se mantendo acima de US$ 110, depois que a UE delineou um embargo ao petróleo russo como parte de seu pacote de sanções mais duro até agora sobre o conflito na Ucrânia.

Preços ao consumidor em disparada
Na semana passada, o preço da gasolina subiu pela quarta semana seguida, e voltou a marcar um novo recorde nos postos de combustíveis do país, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)

O preço médio do litro da gasolina ficou em R$ 7,295 nesta semana, o que representa uma alta de 0,16% em relação ao levantamento anterior. Trata-se do maior valor nominal pago pelos consumidores desde que a ANP passou a fazer levantamento semanal de preços, em 2004.
O levantamento também apontou uma alta no preço do preço do diesel. Na semana, o valor combustível nos postos registrou um avanço de 0,30%, para R$ 6,630 o litro.

Bolsonaro volta a atacar Petrobras
O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a atacar a Petrobras em discurso na Feira Nacional da Soja, em Santa Rosa, na Região Norte do RS.
"Esta semana vocês estão conhecendo um pouco mais do que é a Petrobras aqui no Brasil. Temos nichos, temos redutos ainda em nosso governo espalhados por todo o Brasil que não entenderam que todos nós estamos no mesmo barco. Eles sabem que o Brasil não aguenta mais o reajuste de combustível numa empresa que fatura dezenas de bilhões de reais por ano às custas do nosso povo brasileiro", discursou.

Posts Relacionados

Chuvas no RS: setor produtivo divulga primeiros balanços de prejuízos

Chuvas no RS: setor produtivo divulga primeiros balanços de prejuízos

Ainda sem dados mais robustos, entidades calculam impactos preliminares do desastre

IPCA: preços sobem 0,38% em abril, puxados por medicamentos e alimentos

IPCA: preços sobem 0,38% em abril, puxados por medicamentos e alimentos

Resultado veio acima das expectativas do mercado financeiro, que esperavam alta de 0,35% no mês

Câmara aprova projeto que incentiva geração de energia solar para atender baixa renda

Câmara aprova projeto que incentiva geração de energia solar para atender baixa renda

A proposta visa garantir o acesso à eletricidade para famílias em situação de vulnerabilidade social

Embraer aposta em conversão de aviões comuns em cargueiros para crescer no mercado

Embraer aposta em conversão de aviões comuns em cargueiros para crescer no mercado

De acordo com a Embraer, apesar do prejuízo líquido de R$ 63 milhões, esse resultado é otimista

Setor de máquinas agrícolas fatura 35% menos no trimestre, mas espera recuperação

Setor de máquinas agrícolas fatura 35% menos no trimestre, mas espera recuperação

Resultado é fruto de seca no campo, taxas elevadas e falta de créditos do governo no atual ciclo

Desemprego sobe a 7,9% no trimestre terminado em março, diz IBGE

Desemprego sobe a 7,9% no trimestre terminado em março, diz IBGE

Taxa cresceu 0,5 ponto percentual em relação ao período anterior e atinge 8,6 milhões de pessoas

Governo destina recursos de pesquisa para segurar alta na conta de luz

Governo destina recursos de pesquisa para segurar alta na conta de luz

Distribuidora que atua no estado do Norte do país deve aumentar tarifas em 34%

Governo propõe imposto parcial para picanha e outras proteínas de origem animal

Governo propõe imposto parcial para picanha e outras proteínas de origem animal

Equipe econômica enviou ao Congresso proposta para regulamentar reforma tributária

pt_BRPortuguese