Voltar ao Início

Você está em:

Endividamento e inadimplência das famílias batem novo recorde em abril

77,7% das famílias fecharam mês com dívidas e famílias com contas em atraso chega a 28,6%
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Puxado pelo maior uso do cartão de crédito, o número de brasileiros endividados bateu novo recorde em abril : 77,7% das famílias brasileiras fecharam o mês com alguma dívida, contra 77,5% em março, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (2) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Na comparação com abril do ano passado, quando a parcela de endividados correspondia a 67,5% do total, o salto foi de 10,2 pontos percentuais.

A inadimplência também atingiu nova máxima histórica. A proporção de famílias com dívidas ou contas em atraso passou de 27,8% em março para 28,6% em abril. Em 1 ano, o salto foi de 4,3 pontos percentuais.

A série histórica do levantamento começou em 2010.

Já a fatia de famílias que declarou não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e, portanto, permanecerá inadimplente, chegou a 10,9%, contra 10,8% em março e 10,4% há 1 ano. Trata-se do maior patamar desde dezembro de 2020.

Na avaliação da CNC, a tendência é que o endividamento se mantenha em alta diante da inflação nas alturas e dos juros de mercado mais elevados.

"A inflação alta, persistente e disseminada mantém a necessidade de crédito para recomposição da renda, fazendo com que as famílias encontrem nos recursos de terceiros uma saída para a manutenção do nível de consumo", afirma o presidente da CNC, José Roberto Tadros.

Dívidas mais comuns
O endividamento no cartão de crédito foi a única modalidade que apresentou aumento em abril, representando 88,8% de famílias com dívidas e revelando que o endividamento está ocorrendo essencialmente no consumo de curto prazo.
Carnês de lojas (18,2%) e o financiamento automotivo (11,2%) foram os outros principais destaques nas participações no endividamento. Na sequência, aparece o crédito pessoal (9,4%) e ao financiamento de casa (8,3%).

A proporção de famílias com contas ou dívidas em atraso aumentou principalmente entre os mais pobres. “Os orçamentos mais acirrados têm levado mais famílias a atrasarem o pagamento de contas e dívidas e usarem mais o cartão de crédito, que é a modalidade de dívida para o consumo de curto prazo”, afirma Izis Ferreira, economista da CNC responsável pela pesquisa.

Posts Relacionados

STF dá 10 dias para governo de SP explicar projeto das escolas cívico-militares

STF dá 10 dias para governo de SP explicar projeto das escolas cívico-militares

Projeto foi sancionado no final de abril por Tarcísio depois ser aprovado na Alesp sob forte protesto de estudantes

STF rejeita pedido para proibir parentes na chefia do Legislativo e Executivo ao mesmo tempo

STF rejeita pedido para proibir parentes na chefia do Legislativo e Executivo ao mesmo tempo

Cármen Lúcia defendeu que cabe ao Legislativo impor restrições a parentes chefiando cargos no mesmo estado

Lula diz que ‘muita gente fica com raiva’ diante de medidas de proteção ao meio ambiente

Lula diz que ‘muita gente fica com raiva’ diante de medidas de proteção ao meio ambiente

Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, anunciou uma série de ações do governo para a área ambiental

Lula encontra Zoran Milanović e reafirma meta de desmatamento zero na Amazônia

Lula encontra Zoran Milanović e reafirma meta de desmatamento zero na Amazônia

Os líderes trataram do estreitamento das relações bilaterais e das relações do Brasil com a União Europeia

Congresso abre R$ 2,8 bilhões em créditos para Saúde e Desenvolvimento Regional

Congresso abre R$ 2,8 bilhões em créditos para Saúde e Desenvolvimento Regional

Oposição criticou e disse que texto serviria de arranjo para 'balcão de negócios' no Congresso. Projeto vai à sanção

Cotas em concursos públicos: Dino prorroga até Congresso aprovar nova lei

Cotas em concursos públicos: Dino prorroga até Congresso aprovar nova lei

Regra atual prevê 20% de vagas reservadas a candidatos negros em concursos; lei perderia validade em 10 de junho

Senado aprova criação do Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas

Senado aprova criação do Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas

O Senado aprovou, nesta terça-feira (21), um projeto que institui o Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas de todo o país. Agora, a proposta

Entidade diz que 90% do PIB industrial do RS foi afetado por chuvas

Entidade diz que 90% do PIB industrial do RS foi afetado por chuvas

Uma comitiva de industriais gaúchos entregou nesta sexta-feira (17) ao vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) uma lista de pedidos do setor ao governo federal para enfrentamento

pt_BRPortuguese