Voltar ao Início

Você está em:

Governo vai iniciar estudos sobre novo canal para escoar água da Lagoa dos Patos

Um canal de cerca de 20 quilômetros entre a Lagoa dos Patos e o Oceano Atlântico para escoar a água da lagoa
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O governo federal vai iniciar estudos para a construção de um canal de cerca de 20 quilômetros entre a Lagoa dos Patos e o Oceano Atlântico para escoar a água da lagoa.

A obra de engenharia é vista como uma das possibilidades para evitar alagamentos nas cidades em redor da lagoa, inclusive a capital Porto Alegre.

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, avaliou que o canal vai evitar inundações da magnitude que se viu no mais recente desastre ambiental. E que vai ajudar, principalmente, a região metropolitana de Porto Alegre.

"Vamos iniciar os estudos", disse Rui Costa. Ainda não há prazos ou custos estimados.

Em alguns trechos da Lagoa dos Patos, a altura é de nove metros acima do nível do mar – o que facilita o escoamento por gravidade.

Ao mesmo tempo, é preciso haver uma espécie de dique para bloquear o fluxo da água no sentido oposto, do oceano para a lagoa.

Essas comportas seriam abertas, principalmente, antecipando períodos chuvosos – como uma ação preventiva para "esvaziar" a lagoa e evitar transbordamento.

No governo federal, a percepção é de que um dos principais problemas foi o não funcionamento das comportas do sistema anticheias da capital gaúcha.

A informação que chegou ao Palácio do Planalto é de que, das 23 casas de bombas desse sistema – de responsabilidade das prefeituras –, apenas uma estava em pleno funcionamento.
A percepção no governo é de que, se o sistema estivesse funcionamento melhor, o dano registrado até aqui poderia ter sido bem menor na região metropolitana.

Nesta segunda (13), o próprio presidente Lula chegou a falar sobre o tema em reunião com os 37 ministros para discutir medidas de socorro ao estado.

"Me parece que não foi só o fenômeno da chuva. Me parece que teve um fenomeno também, sabe, que não cuidaram das comportas que deveriam ser cuidadas há muito tempo. Mas tudo isso é um problema a ser resolvido daqui para frente. Nós vamos tentar apresentar a nossa contribuição ao povo do RS. Inclusive, apresentando uma discussão nacional sobre a questão de resolver as questões das enchentes na cidade de Porto Alegre e na região metropolitana", declarou Lula.

Posts Relacionados

Entidade diz que 90% do PIB industrial do RS foi afetado por chuvas

Entidade diz que 90% do PIB industrial do RS foi afetado por chuvas

Uma comitiva de industriais gaúchos entregou nesta sexta-feira (17) ao vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) uma lista de pedidos do setor ao governo federal para enfrentamento

Lula cria secretaria extraordinária para reconstrução do RS

Lula cria secretaria extraordinária para reconstrução do RS

O governo federal confirmou nesta quarta-feira (15) a criação da Secretaria Extraordinária da Presidência da República de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul.

Governo vai iniciar estudos sobre novo canal para escoar água da Lagoa dos Patos

Governo vai iniciar estudos sobre novo canal para escoar água da Lagoa dos Patos

Um canal de cerca de 20 quilômetros entre a Lagoa dos Patos e o Oceano Atlântico para escoar a água da lagoa

Governo Lula confirma suspensão da dívida do Rio Grande do Sul por 3 anos

Governo Lula confirma suspensão da dívida do Rio Grande do Sul por 3 anos

Medida visa garantir mais dinheiro para ações de reconstrução do estado, que já registrou mais de 140 mortes

Governo não pensa em concorrer com produtores de arroz, diz ministro

Governo não pensa em concorrer com produtores de arroz, diz ministro

Ministro diz que a desinformação sobre o tema causa pânico e a importação de arroz é medida para repor estoques

Senado aprova criação de auxílio para reconstruir casas de famílias de baixa renda

Senado aprova criação de auxílio para reconstruir casas de famílias de baixa renda

Proposta do 'Cartão Reconstruir' foi apresentada em 2023, mas ganhou força depois da catástrofe no Rio Grande do Sul

Senado aprova criação de política e sistema para coordenar riscos de desastres

Senado aprova criação de política e sistema para coordenar riscos de desastres

Item não estava previsto na pauta, mas foi incluído devido às fortes chuvas que assolam o Rio Grande do Sul

Lula deve anunciar pacote com 5 mil ‘ônibus verdes’ e obras em favelas

Lula deve anunciar pacote com 5 mil ‘ônibus verdes’ e obras em favelas

Evento no Palácio do Planalto para a apresentação das medidas está previsto para quarta-feira

pt_BRPortuguese