Voltar ao Início

Você está em:

Polônia acusa Belarus de violação aérea

As Forças Armadas de Belarus negaram qualquer violação e acusaram a Polônia, membro da Otan e um dos maiores apoiadores da Ucrânia
Amanda Omura

Amanda Omura

A Polônia disse nesta terça-feira (1º) que enviou tropas para a região da fronteira do país com a Belarus após acusar o país vizinho de violar seu espaço aéreo com helicópteros militares.

O Ministério da Defesa da Polônia informou que estava enviando "forças e recursos adicionais, incluindo helicópteros de combate". Disse também que havia informado a Otan sobre a violação da fronteira e que o encarregado de negócios de Belarus tinha sido convocado para fornecer uma explicação.

Inicialmente, o exército polonês negou qualquer violação de fronteira, mas mais tarde, após consultas, afirmou que a intrusão ocorreu "a uma altura muito baixa, difícil de interceptar por radares".

Resposta da Belarus
As Forças Armadas de Belarus negaram qualquer violação e acusaram a Polônia, membro da Otan e um dos maiores apoiadores da Ucrânia em seu conflito com a Rússia, de inventar a acusação para justificar o aumento de suas tropas.

O líder de Belarus, Alexander Lukashenko, já provocou a Polônia devido à presença de mercenários russos do grupo Wagner perto da fronteira.

O Ministério da Defesa de Belarus afirmou no Telegram disse que o govenro da Polônia mudou de ideia sobre o incidente "aparentemente após consultar seus mestres estrangeiros".

"Esta declaração (da Polônia) não é corroborada por fatos. O Ministério da Defesa de Belarus a considera como uma espécie de 'conto' e ressalta que não houve violações de fronteira por helicópteros Mi-8 e Mi-24."

Moradores dizem que houve violações
Moradores de áreas próximas à cidade polonesa de Bialowieza, perto da fronteira com Belarus, compartilharam relatos nas redes sociais sobre o que disseram ser violações de fronteira antes do pronunciamento do ministro da Defesa.

Posts Relacionados

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Corte de Apelações rejeitou pedido de advogados do ex-presidente de que ele gozava de proteção legal porque era presidente à época

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

pt_BRPortuguese