Voltar ao Início

Você está em:

Por que contrair a barriga o tempo todo pode ser prejudicial

A compressão do abdômen também reduz o espaço disponível para os órgãos que ficam naquela região do corpo
Amanda Omura

Amanda Omura

Nossos músculos abdominais são amplamente exercitados e utilizados em nosso corpo. Eles desempenham um papel fundamental em quase todos os movimentos que realizamos, proporcionando estabilidade, equilíbrio e proteção à coluna e aos órgãos internos.

Entretanto, certas condições de saúde e movimentos desnecessários ao longo do dia podem desajustar esses músculos.

Se essa situação se tornar crônica, pode levar à síndrome da ampulheta, uma alteração na estrutura da parede abdominal que resulta na formação de uma dobra no meio do abdômen.
E não é só isso: essa alteração pode afetar os órgãos internos e outras partes do corpo se não for tratada a tempo.

Existem quatro principais causas que levam ao desequilíbrio da função dos músculos abdominais, resultando nessa síndrome.
A primeira é devido a certas condições congênitas (como gastrosquise ou onfalocele) que fazem com que os músculos abdominais se desenvolvam incorretamente, levando a desequilíbrios musculares.

Outra causa é a má postura, que pode alterar a curva tradicional em S da coluna, provocando mudanças fundamentais na tensão e função dos músculos abdominais.

A dor abdominal, seja associada a problemas no estômago, fígado ou vesícula biliar, pode levar uma pessoa a contrair involuntariamente os músculos abdominais na tentativa de aliviar o desconforto.

Surpreendentemente, a síndrome da ampulheta também pode estar associada a problemas de imagem corporal, um tópico que tem se destacado cada vez mais.

Algumas pessoas que se sentem inseguras em relação ao próprio corpo ou desejam obter um abdômen reto podem exagerar ao "contrair" os músculos abdominais de forma desproporcional para alcançar essa aparência.

Desequilíbrio muscular
Quando contraímos o estômago, contraímos o “reto abdominal” (comumente conhecido como barriga tanquinho). Mas como tendemos a acumular mais tecido adiposo na parte inferior do abdome, os músculos da parte superior do estômago tendem a se tornar mais ativos. Esses dois aspectos fazem com que se forme uma dobra nessa área por longos períodos, com o umbigo deslocado para cima.
Independentemente da causa — e se é voluntária ou involuntária —, a ação de "puxar" a barriga também coloca maior pressão na região lombar e no pescoço. Isso ocorre porque agora eles precisam compensar as mudanças na estabilidade do core.

A compressão do abdômen também reduz o espaço disponível para os órgãos que ficam naquela região do corpo.

Podemos fazer uma analogia simples para ilustrar esse processo. Imagine que a região do abdômen se assemelha a uma embalagem de pasta de dente: ao apertar o meio dessa embalagem, ela é pressionada para cima e para baixo.

Essa pressão exercida no topo afeta a respiração, dificultando o movimento descendente do diafragma, que é o principal músculo envolvido na inspiração do ar.

Síndrome reversível
Felizmente, a síndrome da ampulheta é reversível. Uma forma de ajudar é tratando o desequilíbrio muscular através de exercícios que fortaleçam todos os músculos do core, como pranchas ou pontes, por exemplo. Além disso, atividades como yoga ou pilates também podem ser benéficas para relaxar os músculos.

Posts Relacionados

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

Vermelhidão, ressecamento, lesões e coceira: pode ser dermatite atópica

A dermatite atópica também é conhecida como eczema atópico. De origem grega, o termo significa pele que ferve

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Vendidos em cápsulas ou como bebidas, os pré-treinos são turbinados com cafeína e vendidos sem prescrição médica

pt_BRPortuguese