Voltar ao Início

Você está em:

Prefeito de Boa Esperança do Sul relata que pastor pediu propina de R$ 40 mil após encontro no MEC

Proposta, que foi recusada por Manoel do Vitorinho (PP), aconteceu após reunião de prefeitos com o ministro Milton Ribeiro
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O prefeito de Boa Esperança do Sul (SP), Manoel do Vitorinho (PP), confirmou nesta quinta-feira (24) à EPTV, afiliada da TV Globo, que o pastor Arilton Moura pediu R$ 40 mil de propina para enviar verbas do Ministério da Educação para o município, após um encontro de gestores municipais com o ministro Milton Ribeiro, em março de 2021.

Arilton é um dos pastores com trânsito livre no MEC e relação próxima com o ministro Milton Ribeiro. Nesta semana, reportagem do jornal 'Folha de S. Paulo' mostrou áudio de Ribeiro, em reunião com prefeitos, dizendo que repassa verbas do MEC a municípios indicados pelos pastores a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em nota divulgada na terça (22), Ribeiro negou favorecimento a pastores e também que a prática ocorresse a pedido de Bolsonaro. A reportagem não conseguiu localizar o pastor Arilton Moura para comentar a acusação do prefeito de Boa Esperança do Sul.

Pedido de propina
Em 18 de março do ano passado, José Manoel de Souza estava em Brasília (DF) para participar de um encontro promovido pelo ministro da Educação com cerca de 30 gestores municipais - o compromisso consta na agenda oficial do ministro Milton Ribeiro.

A conversa com o pastor Arilton aconteceu no restaurante de um hotel, após a reunião no MEC.
"Quando acabou a reunião eu encontrei o prefeito de Gavião Peixoto e o de Nova Europa e falei ‘acho que viemos numa furada, que reunião sem conteúdo’. Nisso veio um cara que eu não lembro o nome e perguntou se eu estava bravo, respondi que sim e ele me perguntou se eu tinha levado ofícios. Depois de protocolar, ele convidou para almoçar no restaurante do hotel e disse ‘é que lá vai estar o pastor Arilton e o pastor Gilmar, eles vão falar um pouquinho sobre as demandas que vão liberar para os municípios’. Pegamos um táxi e fomos”, disse.

"Ele [Arilton] falou: 'prefeito, você sabe como as coisas funcionam, não dá pra ajudar todas as cidades, mas eu posso ajudar seu município'. Perguntei como e ele [Arilton] disse que era com uma escola profissionalizante. Respondi que isso não era uma necessidade do município e ele disse: ‘olha prefeito, eu consigo fazer um papel, um ofício agora, te libero a escola, mas em contrapartida você precisa depositar R$ 40 mil na conta da igreja evangélica'. Eu levantei, bati no ombro dele e falei ‘muito obrigado, pastor. Pra mim, dessa forma, não serve!’”, contou o prefeito

Posts Relacionados

Lula busca apoio de governadores e religiosos para manter veto a PL da ‘saidinha’

Lula busca apoio de governadores e religiosos para manter veto a PL da ‘saidinha’

Governo quer influenciar posição da bancada religiosa no Congresso e apelar para governadores sobre risco de crises

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

Lula quer lançar crédito para permitir que inscritos no CadÚnico possam empreender

A expectativa é que nessa linha de crédito as taxas de juros sejam a metade do que o Pronampe cobra

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

PL das redes sociais pode entrar na pauta do Colégio de Líderes esta semana

Orlando Silva tenta colocar projeto na pauta da Câmara, mas diz que tema polêmico e lobby das "big techs" atrapalham

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

O que é o Sistema Nacional de Cultura, sancionado por Lula nesta semana

Mecanismo tem sido chamado de 'SUS da Cultura' e promete facilitar o acesso aos financiamentos no segmento

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Em meio a crise na Petrobras, governo resolve pagar metade dos dividendos

Com pagamento de aproximadamente R$ 20 bilhões, União terá direito a R$ 6 bilhões, valor que ajudará na meta fiscal

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Haddad repete apelo por ‘pacto’ entre Poderes para cumprimento de metas

Pacheco, presidente do Senado, declarou a perda de validade de trechos da MP editada pelo governo para elevar receitas

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Câmara aprova retrocessos na pauta ambiental e pode fragilizar prevenção

Textos liberam garimpo em reservas, flexibilizam medidas contra incêndios e extinguem taxas que custeiam Ibama

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

No Brasil, Macron pretende negociar investimentos bilaterais

Presidente francês passará por 4 cidades em 3 dias a partir da semana que vem; comitiva terá cerca de 140 empresários

pt_BRPortuguese