Voltar ao Início

Você está em:

Putin diz haver ‘guerra real’ contra Rússia

Presidente russo fez discurso de dez minutos diante do tradicional desfile militar que celebra vitória da União Soviética sobre a Alemanha
Amanda Omura

Amanda Omura

Diante de uma ameaça inédita de ataques vindos da Ucrânia, a Rússia celebrou nesta segunda-feira (9) o Dia da Vitória, o feriado mais importante do país, de forma mais enxuta.

A data marca a vitória de tropas soviéticas sobre a Alemanha nazista, há 78 anos. O discurso do presidente do país, Vladimir Putin, foi menos agressivo e mais curto que no ano passado, e a tradicional parada militar na Praça Vermelha, menos numerosa (leia mais abaixo).

Por cerca de dez minutos, Putin disse que:
Uma "guerra real" está sendo travada pelo Ocidente contra a Rússia;
O mundo está novamente em um ponto de virada - em referência ao momento em que a União Soviética conteve as tropas nazistas, no fim da 2ª Guerra Mundial;
As "elites globalistas ocidentais" semeiam a russofobia;
O povo ucraniano se tornou "refém de um golpe de Estado" e das ambições do Ocidente.

"Hoje, a civilização está novamente em um ponto de virada decisivo. Uma verdadeira guerra foi desencadeada contra nossa pátria. Nós repelimos o terrorismo internacional", afirmou.

O desfile militar, que todos os anos toma a Praça Vermelha, em Moscou, também foi mais contido este ano:
Apenas um tanque desfilou, acompanhado de blindados e porta-mísseis;
Neste ano, foram canceladas as tradicionais procissões do “Regimento Imortal”, nas quais multidões de cidadãos saíam às ruas segurando retratos de parentes que morreram ou serviram na Segunda Guerra Mundial;
Pela primeira vez, não houve nenhum avião, helicóptero ou equipamento aéreo na parada.
Em 21 cidades russas as paradas militares locais foram canceladas por conta da ameaça de um ataque da Ucrânia - na semana passada, Moscou disse ter interceptado um drone que atacaria o Kremlin.
As tropas também foram menos numerosas - cerca de 8 mil soldados desfilaram, contra 14 mil em 2020, mesmo durante a pandemia.

Posts Relacionados

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Israel combate o Hamas e o Hezbollah, aliados do Irã, que apoia também os Houthis, grupo rebelde do Iêmen que ataca navios

pt_BRPortuguese