Voltar ao Início

Você está em:

Putin diz que Rússia está redirecionando comércio para Brics

Para resistir às sanções, país está tentando estreitar os laços com a Ásia, buscando substituir os mercados que perdeu
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira (22) que o país está no processo de redirecionar seu comércio e suas exportações de petróleo para países do grupo dos Brics de economias emergentes, na esteira de sanções ocidentais devido à guerra na Ucrânia.
Os Brics reúnem Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O Ocidente impôs sanções abrangentes à Rússia, incluindo restrições às importações de seu petróleo, depois que o Kremlin enviou tropas para a Ucrânia em 24 de fevereiro.

Para resistir às sanções, a Rússia está tentando estreitar os laços com a Ásia, buscando substituir os mercados que perdeu no atrito com a União Europeia e os Estados Unidos.

Em discurso em vídeo para participantes do Fórum Empresarial dos Brics, Putin disse que a Rússia está discutindo o aumento da presença de carros chineses no mercado russo, bem como a abertura de cadeias de supermercados indianos. "Por sua vez, a presença da Rússia nos países do Brics está crescendo. Houve um aumento notável nas exportações de petróleo russo para China e Índia", disse Putin.
Ele também disse que a Rússia está desenvolvendo mecanismos alternativos para operações financeiras internacionais em conjunto com seus parceiros dos Brics.

"O Sistema Russo de Mensagens Financeiras está aberto para conexão com os bancos dos países dos Brics. O sistema russo de pagamentos MIR está expandindo sua presença. Estamos explorando a possibilidade de criar uma moeda de reserva internacional baseada na cesta de moedas dos Brics", afirmou Putin.

Importações de petróleo russo pela China atingem recorde
As importações chinesas de petróleo bruto da Rússia subiram 55% em maio na comparação anual, atingindo nível recorde e tirando a Arábia Saudita da posição de principal fornecedor da China, uma vez que as refinarias lucraram com óleo com descontos em meio às sanções a Moscou por sua invasão da Ucrânia.

Posts Relacionados

Número de palestinos mortos em Gaza ultrapassa 35 mil

Número de palestinos mortos em Gaza ultrapassa 35 mil

De acordo com o Hamas, já são 35.091 mortos e 78.827 feridos desde outubro, quando Israel declarou guerra ao grupo

Com poucos soldados, Ucrânia vai recrutar presos

Com poucos soldados, Ucrânia vai recrutar presos

A Rússia anunciou que vai fazer exercícios militares com armas nucleares táticas no sul em resposta a supostas ameaças

EUA interromperam envio de bombas para Israel

EUA interromperam envio de bombas para Israel

Foram bloqueadas as entregas de 1.800 bombas de 907 kg e de 1.700 bombas de 226 kg, segundo funcionário do governo

Hamas pede ajuda para barrar avanço de Israel

Hamas pede ajuda para barrar avanço de Israel

Exército israelense entrou na segunda-feira (6) na cidade, que fica no extremo sul de Gaza e é considerada o último refúgio de moradores

Hamas aceita proposta de cessar-fogo

Hamas aceita proposta de cessar-fogo

Israel afirmou que os termos desta proposta foram amenizados pelo Egito e que não pode aceitar os termos do acordo

Desodorante natural ou antitranspirante: qual é mais saudável?

Desodorante natural ou antitranspirante: qual é mais saudável?

Nos últimos anos, tem crescido no mercado a oferta de desodorantes naturais que prometem ser menos agressivos na pele

EUA acusam Rússia de usar armamento químico

EUA acusam Rússia de usar armamento químico

A Rússia declarou que já não possui um arsenal químico militar, mas o país enfrenta pressões para uma transparência maior

Câmara da Argentina aprova Lei de Bases de Milei

Câmara da Argentina aprova Lei de Bases de Milei

A Lei de Bases aprovada é uma nova versão, reduzida, da 'Lei Ómnibus'. Além disso, aprovou-se um novo pacote fiscal

pt_BRPortuguese