Voltar ao Início

Você está em:

Putin se prepara para guerra prolongada na Ucrânia

Chefe de espionagem dos EUA, Avril Haines, disse que é provável que mesmo após uma vitória em Donbass a guerra não se encerre
Amanda Omura

Amanda Omura

Os Estados Unidos acreditam que o presidente russo, Vladimir Putin, está se preparando para um longo conflito na Ucrânia e uma vitória russa em Donbass, no leste do país, pode não encerrar a guerra, disse a diretora de Inteligência Nacional dos EUA, Avril Haines, nesta terça-feira (10).
"Avaliamos que o presidente Putin está se preparando para um conflito prolongado na Ucrânia durante o qual ele ainda pretende alcançar objetivos além do Donbas", disse Haines aos legisladores.

Ela acrescentou que Putin estava contando com a determinação ocidental de enfraquecer com o tempo e, à medida que o conflito continuava, havia preocupação sobre como ele se desenvolveria nos próximos meses.
"Combinado com a realidade de que Putin enfrenta um descompasso entre suas ambições e as atuais capacidades militares convencionais da Rússia, provavelmente significa que os próximos meses podem nos ver seguindo uma trajetória mais imprevisível e potencialmente escalável", argumentou Haines.
Durante a mesma audiência, o chefe da Agência de Inteligência de Defesa (DIA) disse que a guerra estava em um impasse.
"Os russos não estão vencendo e os ucranianos não estão vencendo e estamos em um impasse aqui", disse o tenente-general Scott Berrier, chefe do DIA.
Berrier também informou que entre 8 e 10 generais russos foram mortos durante o período da invasão.

ONU diz que há 'milhares de mortes' a mais que a contagem oficial
A Ucrânia teve "milhares" de mortos a mais do que os números oficiais contabilizam hoje, disse nesta terça-feira (10) a chefe da missão de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas no país, Matilda Bogner.

Em 76 dias de conflito, o governo ucraniano contabiliza oficialmente 3.381 mortos. A ONU, que enviou uma comissão ao país para apurar os danos da guerra, está fazendo um levantamento mais amplo desse número.

Posts Relacionados

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Presidente da Argentina, Milei ofereceu apoio a Musk nos processos da Justiça brasileira em que o bilionário está sendo investigado

México pede suspensão do Equador na ONU

México pede suspensão do Equador na ONU

O objetivo da denúncia mexicana é "garantir a reparação do dano moral infligido ao Estado mexicano e a seus cidadãos", disse a ministra

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Ele não deu mais detalhes. Pouco depois, o Departamento de Estado dos Estados Unidos disse que não foi informado sobre os planos

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

A profundidade do terremoto, de acordo com a USGS, foi de 5 quilômetros abaixo da superfície -- uma profundidade considerada baixa

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Ele também afirmou que apoiar a Ucrânia é importante porque os russos estão recebendo ajuda para aumentar sua indústria de defesa

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

O primeiro-ministro de Israel é pressionado pela antecipação de eleições gerais e pela crise deflagrada em sua coligação extremista

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou que sete de seus membros, entre eles três comandantes, morreram no bombardeio

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Os Estados Unidos optaram por jogar caixas de aviões porque há dificuldades para entrar com caminhões na Faixa de Gaza

pt_BRPortuguese