Voltar ao Início

Você está em:

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Comer emocional acontece quando, em uma ocasião determinada, se come mais do que se comeria normalmente
Amanda Omura

Amanda Omura

A modelo Yasmin Brunet, participante do BBB 24, revelou no programa que sofre de "questões alimentares" e, por estar ansiosa, tem descontado na comida.

Esse comportamento de compulsão alimentar, classificado como um transtorno alimentar, faz com que a pessoa coma em grandes quantidades.

Os motivos que desencadeiam um transtorno variam e incluem ansiedade, tentativa de atender a um certo padrão estético ou dietas alimentares com muitas restrições.
No vídeo do seu raio x na manhã de terça-feira (16), a BBB contou que já teve “questões alimentares” e que, no confinamento, tem comido de forma compulsiva.

"Estou totalmente descompensada na alimentação, eu estou muito ansiosa. Eu já tive questões alimentares. Então, eu estou depositando tudo na comida, o que eu pensei que poderia ser assim, mas achei que não seria tão intenso quanto está sendo. Quem tem questões alimentares vai entender isso, você se sente vazio e cheio ao mesmo tempo. E parece que o único momento em que eu não penso, que eu não fico ansiosa é o momento que eu como, mas, logo em seguida, já vem de novo”, disse Yasmin.

Compulsão alimentar x comer emocional
A compulsão alimentar pode ser um episódio esporádico ou pode ser um transtorno de compulsão alimentar.

Segundo a nutricionista comportamental Renata Farrielo, especializada em transtornos alimentares, um episódio de compulsão alimentar é caracterizado pela ingestão de um volume muito maior do que outra pessoa comeria naquela mesma situação, com uma sensação de perda de controle.

Normalmente (mas não sempre), a pessoa come em uma velocidade muito grande. Ou seja, come volume grande de comida num curto espaço de tempo.

Depois, a pessoa fica com uma sensação muito negativa depois.

"É comum pacientes relatarem se sentirem sujos, errados e com sentimentos muito ruins, além do desconforto físico pelo grande volume de comida." — Renata Farrielo, nutricionista comportamental
A compulsão alimentar é diferente do que os especialistas definem como comer emocional. Isso acontece quando em uma festa, evento ou ocasião se come mais do que, normalmente, se comeria. Exemplo: em vez de comer dois brigadeiros, a pessoa come seis. A compulsão se define pelo impulso descontrolado e repetitivo.

Nem todo mundo que tem compulsão tem um transtorno de compulsão alimentar. Os critérios clínicos para o diagnóstico do transtorno são:
A compulsão alimentar ocorre, em média, pelo menos 1 vez por semana por 3 meses;
Os pacientes têm sensação de falta de controle em relação à alimentação;

Além disso, também devem estar presentes ao menos 3 fatores:
Comer muito mais rápido do que o normal;
Comer até se sentir desconfortavelmente cheio;
Comer grandes quantidades de alimento mesmo não sentindo fome;
Comer sozinho por vergonha;
Sentir-se nauseado, deprimido ou culpado depois de comer excessivamente.

Posts Relacionados

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Para algumas pessoas, não importa quanto tempo durmam, elas ainda se sentem cansadas e com pouca energia. Por quê?

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Manual de sobrevivência para o carnaval: veja cuidados para evitar ressaca

Em tempos de carnaval, nada melhor do que curtir a folia ao máximo. Mas você pensa na sua saúde enquanto aproveita?

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Dengue: quais são os sintomas e quando é hora de buscar um hospital

Brasil registrou explosão no número de casos de dengue nas duas primeiras semanas deste ano, com 55.859 casos prováveis

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Colágeno: quais os efeitos reais do suplemento na pele?

Apesar de ser um suplemento popular, o colágeno ainda carece de boas evidências científicas que respaldem o principal benefício

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Por que devemos investir no consumo de frutas, legumes e verduras

Alimentos contêm substâncias bioativas que ajudam no nosso metabolismo. Quanto mais colorido o prato, melhor

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Os riscos de energéticos pré-treino com cafeína, que prometem resultado rápido

Vendidos em cápsulas ou como bebidas, os pré-treinos são turbinados com cafeína e vendidos sem prescrição médica

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Qual a diferença entre compulsão alimentar e comer emocional

Comer emocional acontece quando, em uma ocasião determinada, se come mais do que se comeria normalmente

pt_BRPortuguese