Voltar ao Início

Você está em:

Risco cardiovascular pode significar pior prognóstico cognitivo para mulheres na meia-idade

Por exemplo, no caso de doença coronariana, dobrava a probabilidade de a pontuação cognitiva feminina ser menor.
Amanda Omura

Amanda Omura

Embora os homens de meia-idade sejam mais propensos a ter doenças cardiovasculares, somando fatores de risco como tabagismo, pressão alta e diabetes, o impacto dessas condições na capacidade cognitiva das mulheres, na mesma faixa etária, pode ser mais negativo. Trata-se do resultado de trabalho divulgado no começo do mês pela Academia Americana de Neurologia, que congrega 36 mil membros. O estudo acompanhou 1.857 pessoas, entre 50 e 69 anos, que não apresentavam sinais de demência no início do monitoramento. O grupo realizou exames a cada 15 meses durante três anos, incluindo testes de memória, linguagem e habilidade espacial, de forma a calcular uma pontuação cognitiva, que mede a aptidão da capacidade mental do indivíduo.

Dos participantes, 79% tinham pelo menos um dos fatores de risco citados anteriormente: 83% dos homens e 75% das mulheres manifestavam algum problema. O que os pesquisadores descobriram é que, para elas, havia uma relação bem mais forte entre condições cardiovasculares alteradas e um impacto negativo nas funções cognitivas. Por exemplo, no caso de doença coronariana, dobrava a probabilidade de a pontuação cognitiva feminina ser menor. O estudo não garante que, necessariamente, as mulheres com fatores de risco enfrentarão declínio cognitivo na meia-idade, mas aponta uma associação entre esses elementos. As mudanças hormonais ocorridas no climatério também podem ter papel no processo. De acordo com Michelle M. Mielke, PhD da Clíncia Mayo Clinic e membro da Academia Americana de Neurologia, é preciso investigar as diferenças de gênero e sua relação com biomarcadores de enfermidades no cérebro.

Posts Relacionados

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

O álcool é uma toxina. Seus riscos incluem acidentes, doenças do fígado e muitos tipos de câncer, até em pequenas quantidades

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

A 'Candida albicans' é um tipo de fungo que normalmente coexiste em equilíbrio na microbiota humana, e faz parte do corpo

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Marketing traz apelo de várias substâncias com promessas de resultados, mas nem tudo é absorvido pela pele

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

Esta crença existiu há mais de 2,4 mil anos, mas o paradigma sobre como o suposto 'animal' afetava o corpo se manteve

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Com mais de 8 milhões de seguidores, Nicole Lepera fala sobre como os traumas influenciam a vida adulta em vídeos

Álcool, cravo e óleo de citronela: os repelentes caseiros funcionam contra a dengue?

Álcool, cravo e óleo de citronela: os repelentes caseiros funcionam contra a dengue?

Sem comprovação de eficácia, produtos não são aprovados pela Anvisa e podem causar alergias em contato com a pele

O que a maior revisão de estudos sobre comidas ultraprocessadas revelou

O que a maior revisão de estudos sobre comidas ultraprocessadas revelou

Ultraprocessados, como cereais matinais e refrigerantes, foram associados a 32 efeitos prejudiciais à saúde

Procrastinação: por que algumas pessoas “enrolam” mais do que as outras?

Procrastinação: por que algumas pessoas “enrolam” mais do que as outras?

Por que adiamos declaração de imposto de renda ou fazer faxina? Por que algumas pessoas "enrolam" mais do que as outras?

pt_BRPortuguese