Voltar ao Início

Você está em:

Rússia acusa Ucrânia de tentar matar Putin

Porta-voz de Putin disse que o presidente russo não estava no Kremlin no momento do incidente; governo ucraniano nega
Amanda Omura

Amanda Omura

A Rússia diz que derrubou dois drones que tinham como alvo o Kremlin, em Moscou, na noite de terça-feira (2) e acusa a Ucrânia de tentar matar o presidente russo, Vladimir Putin.

Imagens não confirmadas e divulgadas em redes sociais parecem mostrar um objeto voando sobre o Kremlin antes de uma pequena explosão.
A Ucrânia diz que não teve nada a ver com possíveis ataques de drone.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse por meio de um porta-voz que a Ucrânia estava se concentrando em libertar seu próprio território depois que a Rússia invadiu o país no ano passado.

Outro funcionário disse à BBC que o incidente relatado indicava que a Rússia poderia estar "preparando uma provocação terrorista em larga escala" na Ucrânia.

A Rússia disse que os dois drones que visavam o Kremlin foram desativados usando tecnologias de radares eletrônico.

O porta-voz de Putin disse que o presidente russo não estava no Kremlin no momento do incidente.

Em um comunicado, o Kremlin disse: "Ontem à noite, o regime de Kiev tentou realizar um ataque à residência do presidente da Federação Russa no Kremlin com veículos aéreos não tripulados".

Moscou disse que considerou isso "como um ato terrorista planejado e uma tentativa de assassinato do presidente", e a Rússia "se reserva o direito de tomar medidas retaliatórias onde e quando for considerado necessário".

Putin tem uma proteção pessoal muito alta e o editor da BBC para a Rússia, Steve Rosenberg, diz que é surpreendente pensar que os drones possam ter chegado perto do Kremlin.

Putin continuaria a cumprir sua agenda normalmente, disse o Kremlin. Ele estava trabalhando em Novo Ogaryovo, nos arredores de Moscou, na quarta-feira.

Imagens postadas nas redes sociais russas mostraram fumaça sobre o centro de Moscou nas primeiras horas da quarta-feira.

Posts Relacionados

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

A profundidade do terremoto, de acordo com a USGS, foi de 5 quilômetros abaixo da superfície -- uma profundidade considerada baixa

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Ele também afirmou que apoiar a Ucrânia é importante porque os russos estão recebendo ajuda para aumentar sua indústria de defesa

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

O primeiro-ministro de Israel é pressionado pela antecipação de eleições gerais e pela crise deflagrada em sua coligação extremista

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou que sete de seus membros, entre eles três comandantes, morreram no bombardeio

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Os Estados Unidos optaram por jogar caixas de aviões porque há dificuldades para entrar com caminhões na Faixa de Gaza

Rússia e China vetam proposta dos EUA de cessar-fogo

Rússia e China vetam proposta dos EUA de cessar-fogo

Ao justificar seu voto, o embaixador da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, acusou os Estados Unidos de falsas promessas

Regime cubano tenta aplacar a ira da população

Regime cubano tenta aplacar a ira da população

As manifestações populares foram contidas pela repressão policial, em sincronia com o bloqueio imediato do serviço de internet

O que esperar do triunfo eleitoral de Putin?

O que esperar do triunfo eleitoral de Putin?

Presidente russo usará reeleição com supostos 87,2% dos votos como demonstração da unidade nacional para prolongar guerra

pt_BRPortuguese