Voltar ao Início

Você está em:

Rússia prepara desfile militar em Mariupol para 9 de maio

Evento seria realizado no Dia da Vitória sobre Alemanha nazista. Principais avenidas da cidade estariam tendo escombros e corpos removidos
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Rússia prepara um desfile militar na cidade ucraniana de Mariupol , sitiada há semanas, para 9 de maio, dia em que é lembrada sua vitória sobre a Alemanha nazista, segundo fontes dos serviços de inteligência ucranianos nesta quarta-feira (4).
Segundo essas fontes, o vice-diretor da administração presidencial russa, Sergueï Kirienko, chegou em Mariupol para preparar este desfile.
"A missão principal do responsável de Putin é preparar as celebrações de 9 de maio", explicou um comunicado no Telegram desses serviços de inteligência, o GUR.

Mariupol, uma cidade portuária, "se tornará um centro de celebrações", diz o comunicado. "As principais avenidas da cidade estão sendo limpas com urgência, os escombros e os corpos removidos, assim como as munições que não explodiram", acrescenta o texto.
Os telespectadores russos poderão ver "a alegria" dos moradores de Mariupol quando virem os russos chegando à sua cidade, acrescentou. O feriado de 9 de maio sempre é celebrado com um grande desfile na Praça Vermelha de Moscou.
De acordo com o GUR, "uma campanha de propaganda em larga escala está em andamento" entre a população da cidade, que agora está entre 100.000 e 120.000 pessoas e era de meio milhão antes da guerra.

O ministro russo da Defesa, respondendo a uma pergunta sobre os preparativos para 9 de maio, não mencionou a possibilidade de um desfile em Mariupol.
"Este ano, os desfiles militares serão celebrados em 28 cidades russas", disse, detalhando que "cerca de 65 mil pessoas, 2.400 tipos de armamento e equipamentos militares e mais de 460 aviões serão mobilizados".

Mariupol está praticamente sob controle do exército russo. Apenas o grande complexo industrial Azovstal, onde estão entrincheirados os últimos combatentes ucranianos e civis, escapa do controle militar de Moscou.
Na terça-feira, um comandante ucraniano do batalhão Azov, que defende esta siderúrgica, disse que tropas russas lançaram um ataque à fábrica industrial, informação que Moscou negou nesta quarta-feira.

Posts Relacionados

Número de palestinos mortos em Gaza ultrapassa 35 mil

Número de palestinos mortos em Gaza ultrapassa 35 mil

De acordo com o Hamas, já são 35.091 mortos e 78.827 feridos desde outubro, quando Israel declarou guerra ao grupo

Com poucos soldados, Ucrânia vai recrutar presos

Com poucos soldados, Ucrânia vai recrutar presos

A Rússia anunciou que vai fazer exercícios militares com armas nucleares táticas no sul em resposta a supostas ameaças

EUA interromperam envio de bombas para Israel

EUA interromperam envio de bombas para Israel

Foram bloqueadas as entregas de 1.800 bombas de 907 kg e de 1.700 bombas de 226 kg, segundo funcionário do governo

Hamas pede ajuda para barrar avanço de Israel

Hamas pede ajuda para barrar avanço de Israel

Exército israelense entrou na segunda-feira (6) na cidade, que fica no extremo sul de Gaza e é considerada o último refúgio de moradores

Hamas aceita proposta de cessar-fogo

Hamas aceita proposta de cessar-fogo

Israel afirmou que os termos desta proposta foram amenizados pelo Egito e que não pode aceitar os termos do acordo

Desodorante natural ou antitranspirante: qual é mais saudável?

Desodorante natural ou antitranspirante: qual é mais saudável?

Nos últimos anos, tem crescido no mercado a oferta de desodorantes naturais que prometem ser menos agressivos na pele

EUA acusam Rússia de usar armamento químico

EUA acusam Rússia de usar armamento químico

A Rússia declarou que já não possui um arsenal químico militar, mas o país enfrenta pressões para uma transparência maior

Câmara da Argentina aprova Lei de Bases de Milei

Câmara da Argentina aprova Lei de Bases de Milei

A Lei de Bases aprovada é uma nova versão, reduzida, da 'Lei Ómnibus'. Além disso, aprovou-se um novo pacote fiscal

pt_BRPortuguese