Voltar ao Início

Você está em:

Sampaoli encontra Flamengo mais cauteloso no mercado; reforços serão pontuais

O discurso alinhado com a diretoria é diferente do retrospecto recente, tanto nas passagens na Europa quanto no Brasil
Amanda Omura

Amanda Omura

Os caminhos de Flamengo e Jorge Sampaoli se cruzaram. De um lado, o clube conhecido pelos altos investimentos nos últimos anos. Do outro, o técnico famoso pelos exigentes pedidos às diretorias. O que esperar dessa relação pelos próximos meses?

Os elogios de Sampaoli ao elenco rubro-negro já eram públicos antes mesmo de assumir o clube. O diagnóstico inicial, feito nesses primeiros dias, corrobora o pensamento de quem acompanhava só de longe. Neste primeiro momento, o argentino se vê satisfeito com as peças que tem à disposição.

Os reforços não estão descartados, claro, mas, por enquanto, ficam para um segundo momento - até pelo tempo. O diálogo interno, antes mesmo da chegada de Sampaoli, já era sobre a necessidade de ser certeiro no mercado, sobretudo aproveitando as oportunidades. O técnico argentino está alinhado com o pensamento.

Cauteloso na janela, o Flamengo fez apenas duas movimentações de efeito imediato no elenco: a permanência de Ayrton Lucas e a contratação de Gerson. Além disso, teve o pré-contrato com o goleiro Agustín Rossi. Por outro lado, o Rubro-Negro trabalhou para repor a saída de João Gomes, mas não conseguiu finalizar a negociação por Matheus Uribe, do Porto.

A janela de transferências domésticas se fecha em 24h, ou seja, no dia 20 de abril. A tendência é que Sampaoli não receba nenhum presente de boas-vindas e que os reforços cheguem na janela do meio do ano, entre julho e agosto.

Grandes pedidos na Europa
A personalidade exigente de Sampaoli se estendeu à Europa. A ida para o Olympique de Marseille, da França, teve impacto até no Flamengo. O técnico traçou a contratação de Gerson como a prioridade naquela temporada e conseguiu levar o volante para o futebol francês.

Ao todo, foram quase dez reforços na equipe, mas o argentino ainda pregava na necessidade de mais peças. Não à toa, aproveitou o espaço em uma entrevista coletiva para demonstrar a sua insatisfação. Na época, o Olympique já tinha feito quase 50 milhões de euros em contratações.

  • Faltam quatro ou cinco jogadores, mas temos que definir prioridades. Não podemos fazer tudo, teremos que ser criativos. Também temos jogadores que pensam em sair, e teremos que substituí-los. Espero que na semana que vem possamos estar com o elenco completo - desabafou à época.

Posts Relacionados

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Mercedes está aberta a receber Sebastian Vettel de volta à F1

Chefe da equipe alemã, Toto Wolff afirmou que o tetracampeão é alguém "que nunca se pode descartar"; em entrevista recente

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

Vasco ainda sonha com Marlon Freitas e tem outras duas negociações

A resposta sobre a proposta de R$ 12 milhões pelo volante não foi oficialmente recusada pelo SAF alvinegra, e ainda há conversas

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Palmeiras inicia busca para se isolar como maior brasileiro na Libertadores

Verdão estreia na competição continental nesta quarta-feira, mas deve poupar titulares por estar entre as finais do Paulistão

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Landim diz que possível saída do Flamengo afetará Gabigol

Presidente responde a questionamentos em grupo de WhatsApp com aliados políticos sobre renovação do atacante: "Não seremos reféns"

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Dorival aprova início pela Seleção:”O Brasil sai daqui com saldo positivo”

Essa é a segunda punição do Peixe; a primeira, pelo não pagamento do técnico Fabián Bustos, foi resolvida após quitação dos R$ 4,7 milhões

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

Após demissão de Mattos, Rodrigo Pelaipe pede para sair do Vasco

O dirigente entendeu que não havia mais condição de continuar no clube, já que ele foi contratado pelo agora ex-diretor do clube

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Com estreia do Flamengo na Libertadores no dia 2, final do Carioca será no sábado

Como o primeiro jogo do Rubro-Negro está marcado para uma terça, a partida número 1 com o Nova Iguaçu será dia 30 de março

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Atlético-MG descarta priorizar estreia na Libertadores em meio às finais do Mineiro

Victor Bagy destaca logística complicada para enfrentar o Caracas na Venezuela e cita importância das duas competições para o clube

pt_BRPortuguese