Voltar ao Início

Você está em:

Anquiloglossia: por que a ‘língua presa’ pode ser perigosa para os bebês

O conhecimento sobre a língua presa e seu impacto oculto sobre a saúde das crianças está crescendo em todo o mundo
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Os primeiros sinais de língua presa podem ser problemas e dores durante a amamentação.
"As crianças com língua presa não conseguem estender a língua para além da ponta dos seus lábios. Isso resulta em ineficiência para agarrar o peito, sugar e engolir — e todas essas ações são essenciais para a amamentação", segundo Ju-Lee Oei, neonatologista sênior do Hospital Real para Mulheres de Randwick, na Austrália.
À medida que o bebê tenta mover a língua presa e agarra o peito para tentar mamar, o resultado pode ser extremamente doloroso para a mãe. Em outros casos, como o da filha de Canavan, os problemas surgem mais tarde.

"Muitas crianças com língua presa não terão sintomas", afirma Amulya K. Saxena, consultor em cirurgia pediátrica do Hospital Infantil de Chelsea, no Reino Unido, da Fundação do Hospital de Chelsea e Westminster e presidente da Associação Europeia de Cirurgiões Pediátricos, em entrevista por e-mail.

A própria fixação da língua pode ser difícil de identificar. O frênulo lingual é uma faixa de tecido que se estende da parte de trás da boca até o sulco mediano da língua. Se esse tecido for curto, a ponta da língua não consegue estender-se para além dos lábios e a língua presa pode ficar bem evidente.
Cirurgia e 'ioga da língua'
Saxena, o cirurgião pediátrico de Londres, observou que as famílias estão tendo maior conhecimento sobre a língua presa. Segundo ele, "grupos de apoio a pacientes e organizações profissionais agora oferecem informações nas redes sociais".

Na Índia, Ankita Shah também observou aumento da quantidade de famílias em busca de auxílio, mesmo com crianças maiores. Mas ela também aconselha não recorrer à cirurgia com muita rapidez.

De todos os pacientes recebidos na sua clínica, apenas cerca da metade precisa de cirurgia, segundo Shah. Isso depende da gravidade da língua presa e do seu impacto sobre o corpo, incluindo as vias respiratórias.
"Nós avaliamos os diversos sintomas apresentados pelos pacientes com essa condição e nos perguntamos se o problema se deve apenas à língua presa. E tentamos primeiro corrigir outros problemas associados, antes de optar pela cirurgia", relata ela.

As crianças mais velhas podem precisar de anestesia geral, mas crianças mais jovens normalmente são tratadas com anestesia local, segundo Shah. No caso de recém-nascidos, não se usa anestesia, pois os riscos superariam os benefícios.

Posts Relacionados

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Meninas estão entrando na puberdade mais cedo, possivelmente devido à exposição a poluentes atmosféricos

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Pesquisa analisou dados sobre as 20 principais doenças causadoras de morte. Resultado mostra influência de fatores biológicos

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

"Hormônio do estresse" ganhou fama de vilão, com vídeos nas redes sociais culpando um suposto desequilíbrio hormonal

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Os pesquisadores comprovaram a relação dos exercícios físicos com o desempenho cognitivo dos alunos

Zolpidem: ‘Pacientes tomam 300 comprimidos por dia’

Zolpidem: ‘Pacientes tomam 300 comprimidos por dia’

O remédio usado no tratamento contra a insônia, disponível no mercado há mais de 30 anos, ganhou protagonismo maior na última década, pela junção de

Como é feita a aplicação do balão intragástrico e para quem é indicado?

A Academia Mineira de Medicina de Minas Gerais alerta para a importância do diagnóstico precoce em casos de complicações com o balão gástrico, procedimento recomendado

O que acontece no seu cérebro quando você navega no celular

O que acontece no seu cérebro quando você navega no celular

Deslizar o dedo pela tela do celular enquanto conferimos fotos e vídeos é um hábito que pode consumir horas das nossas vidas

4 maus hábitos que afetam a memória quando envelhecemos

4 maus hábitos que afetam a memória quando envelhecemos

A boa notícia é que a atividade física é a melhor garantia para a qualidade de vida de mulheres na meia-idade

pt_BRPortuguese