Voltar ao Início

Você está em:

O que acontece com corpo quando se para de tomar café

Costuma causar dor de cabeça, mas também melhora o humor, o sistema gastrointestinal e até a aparência
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A cafeína é o composto psicoativo mais consumido no mundo. Mesmo que você não beba café ou chá, provavelmente ainda consome cafeína regularmente, pois ela é encontrada em quase tudo, desde refrigerantes e remédios para resfriado até café descafeinado e chocolate.

Quando a cafeína é consumida, ela é rapidamente absorvida pelo corpo – atingindo o pico de seus efeitos em duas horas (embora possa levar até nove horas para sair do corpo). Ela também é solúvel em água e gordura, por isso penetra em todos os tecidos do corpo, o que explica por que a cafeína pode afetar partes diferentes do nosso organismo.

Recomenda-se que adultos não consumam mais do que 400 mg de cafeína por dia (aproximadamente quatro xícaras de café). Mais do que isso pode causar tremores musculares, náuseas, dores de cabeça, batimentos cardíacos acelerados e até morte (em casos extremos).

Mas até mesmo as pessoas que consomem apenas algumas xícaras de café ou chá diariamente podem sentir efeitos colaterais – como irritabilidade, dificuldade para dormir e nervosismo. É por isso que um número crescente de pessoas está decidindo abandonar a cafeína.

Função cerebral
A abstinência de cafeína pode causar dores de cabeça, fadiga e cansaço. Isso ocorre porque o corpo desenvolve tolerância à substância.

A cafeína se liga a um receptor no cérebro chamado adenosina. Essa conexão faz com que o corpo retarde o início da fadiga. Mas, com o tempo, as células cerebrais produzem mais receptores de adenosina para permitir que a ligação normal da adenosina aconteça.

Então, quando você para de consumir cafeína, há um excesso de receptores de adenosina aos quais se ligar. Isso permite que a fadiga e o cansaço apareçam normalmente, com a pessoa se sentindo mais cansada do que antes.

Quanto às dores de cabeça, funciona assim: na cabeça e no pescoço, a substância provoca o estreitamento dos vasos sanguíneos, reduzindo o fluxo de sangue para o cérebro.

E 24 horas depois que você para de ingerir cafeína, os vasos sanguíneos voltam ao normal, causando um aumento no fluxo sanguíneo para o cérebro e provocando dores de cabeça.

Esse desconforto pode durar, em média, até 9 dias.
E, como a cafeína se liga aos receptores de adenosina (que também modula a dor), interromper seu consumo pode aumentar temporariamente a sua percepção e sensibilidade à dor porque há mais receptores disponíveis.

A cafeína realmente só afeta o sono quando consumida no final da tarde e à noite. Isso ocorre porque ela atrasa a liberação de melatonina (hormônio que nos causa cansaço) em 40 minutos. A cafeína também reduz o tempo total de sono e encurta o período de sono profundo.

Isso pode aumentar seu cansaço no dia seguinte, incentivando-o a ingerir cafeína para acordar. Mas, como resultado, você terá problemas para dormir mais tarde. Quando você interrompe a ingestão de cafeína, seu sono melhora. Algumas evidências sugerem que as melhorias são percebidas em apenas 12 horas.

Posts Relacionados

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

Professor da UNESP explica que o cérebro não possui um ‘disco rígido’ onde as nossas lembranças são armazenadas

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Fonte de fibras, a pipoca pode ser combinada com outros itens e formar uma refeição. Também é uma boa opção de lanche

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Pacientes com a doença costumam não ser levados a sério. Mulheres têm seis vezes mais chances de desenvolver a síndrome

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Meninas estão entrando na puberdade mais cedo, possivelmente devido à exposição a poluentes atmosféricos

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Pesquisa analisou dados sobre as 20 principais doenças causadoras de morte. Resultado mostra influência de fatores biológicos

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

"Hormônio do estresse" ganhou fama de vilão, com vídeos nas redes sociais culpando um suposto desequilíbrio hormonal

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Os pesquisadores comprovaram a relação dos exercícios físicos com o desempenho cognitivo dos alunos

Zolpidem: ‘Pacientes tomam 300 comprimidos por dia’

Zolpidem: ‘Pacientes tomam 300 comprimidos por dia’

O remédio usado no tratamento contra a insônia, disponível no mercado há mais de 30 anos, ganhou protagonismo maior na última década, pela junção de

pt_BRPortuguese