Voltar ao Início

Você está em:

Shampoos e condicionadores em barra são a nova ‘onda capilar’; entenda prós e contras

Versões sólidas duram mais e são 'amigas' do meio ambiente. Porém, dermatologista explica que nem todo mundo pode usar
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Os primeiros shampoos surgiram na Índia, quase simultaneamente à chegada dos portugueses ao Brasil, no século XVI. Desde que o ser humano acostumou a lavar os próprios fios, ele usa o produto líquido – cerca de 80% da composição é água. Por que, então, a versão em barra passou a ser cada vez mais encontrada nos estandes?

Existem vantagens ligadas à sustentabilidade dos shampoos e condicionadores sólidos, criados para serem menos prejudiciais ao meio ambiente. A maioria deles tem embalagens com zero plástico, transporte que gera menos emissões de gases de efeito estufa, maior durabilidade e, em alguns casos, os próprios componentes são de origem orgânica, são biodegradáveis.

A coordenadora do Departamento de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Fabiane Brenner, lista que o produto tem peculiaridades que devem ser consideradas pelos consumidores interessados: ele exige uma mudança na forma de aplicação, nem todos os ingredientes dos produtos líquidos estão presentes na versão em barra e, por isso, nem todos os perfis de cabelos são plenamente atendidos pelo produto.
Todo mundo pode usar?
Benner explica que para um "fio normal, que não está danificado" não tem muita diferença — o resultado será similar em um shampoo em barra e um líquido. Ela alerta para a necessidade de aplicar o produto corretamente, prestando a atenção para dissolver igualmente no corpo cabeludo.
Quem tem o couro cabeludo mais sensível, ou tem dermatite seborreica (doença que causa vermelhidão e escamação), pode ter algumas limitações relacionadas às versões sólidas.

Dura mais?
Representante de uma das marcas que produzem o item em barra, a líder global de Pesquisa e Desenvolvimento da Natura, Roseli Mello, diz que o produto atende pessoas que buscam um consumo mais sustentável, tanto na durabilidade quanto na produção.

Sobre a durabilidade, Mello diz que vários testes foram feitos, inclusive estudos científicos controlados. Ela aponta que o formato em barra dura mais.
"No caso do shampoo, a barra de 90 gramas dura o dobro de um shampoo líquido de 200 ml. Ela equivale em média a 48 lavagens, enquanto o líquido renderia umas 27 lavagens. Já o condicionador dura até 8 vezes mais", afirma.

Posts Relacionados

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

Mitos e fatos sobre nutrição: o glúten realmente faz mal?

O glúten tem sido o vilão: cada vez mais pessoas não toleram o conjunto de proteínas encontrados no trigo e em outros grãos

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Como determinar o tamanho ideal das porções de comida para cada pessoa

Além da qualidade dos alimentos, também é importante consumir uma quantidade adequada. Como calcular isso?

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Passar protetor solar apenas em algumas partes do rosto traz alerta para saúde

Prática que visa criar um 'jogo de luz e sombra na pele' ao passar protetor solar apenas em partes do corpo não é recomendada

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

Por que o álcool é tão perigoso para o cérebro dos jovens

O álcool é uma toxina. Seus riscos incluem acidentes, doenças do fígado e muitos tipos de câncer, até em pequenas quantidades

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

Candidíase em homens: como surge a infecção que causa coceira e manchas

A 'Candida albicans' é um tipo de fungo que normalmente coexiste em equilíbrio na microbiota humana, e faz parte do corpo

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Cosméticos: quais substâncias nossa pele consegue ou não absorver

Marketing traz apelo de várias substâncias com promessas de resultados, mas nem tudo é absorvido pela pele

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

A teoria do ‘útero errante’ que deu origem ao ultrapassado conceito de histeria

Esta crença existiu há mais de 2,4 mil anos, mas o paradigma sobre como o suposto 'animal' afetava o corpo se manteve

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Psicóloga incentiva adultos a cuidarem de sua criança interior para superar traumas

Com mais de 8 milhões de seguidores, Nicole Lepera fala sobre como os traumas influenciam a vida adulta em vídeos

pt_BRPortuguese