Voltar ao Início

Você está em:

Tribunal dos EUA nega imunidade a Donald Trump

Corte de Apelações rejeitou pedido de advogados do ex-presidente de que ele gozava de proteção legal porque era presidente à época
Amanda Omura

Amanda Omura

Uma corte dos Estados Unidos decidiu nesta terça-feira (6) que o ex-presidente dos EUA Donald Trump não tem direito à imunidade em caso no qual é acusado de haver conspirado para alterar os resultados das eleições no país em 2020.

“Não podemos aceitar que o cargo de Presidência coloque os seus antigos ocupantes acima da lei para sempre”, escreveu o painel unânime da corte.

A defesa de Donald Trump havia pedido à Justiça imunidade presidencial neste caso, um dos quatro processos aos que ele responde atualmente. A alegação dos advogados era a de que Trump era presidente à época e, portanto, teria direito a proteções legais, como o impedimento de ser processado criminalmente.

Vale lembrar que depois que o democrata Joe Biden foi eleito presidente dos Estados Unidos em 2020, Trump passou semanas insistindo publicamente que, na verdade, era ele quem tinha vencido. No dia 6 de janeiro de 2021, encorajou uma multidão a ir ao Capitólio enquanto a eleição de Biden era oficializada.
Nesta terça, no entanto, juízes do Tribunal de Apelações do Distrito de Columbia, nos Estados Unidos, rejeitou o pedido. Ainda cabe recurso da decisão. O julgamento desse caso havia sido marcado para março deste ano, mas, na semana passada, juízes decidiram adiá-lo, e ainda não marcaram uma nova data.

A defesa de Trump quer que o julgamento aconteça apenas após as eleições presidenciais dos EUA, em novembro. Donald Trump é o favorito para vencer as disputas internas do Partido Republicano para ser o candidato da sigla.

A decisão marca a segunda vez em meses que os juízes rejeitaram os argumentos de imunidade de Trump e consideraram que ele pode ser processado por ações cometidas enquanto estava na Casa Branca.

Em 23 de janeiro, Donald Trump venceu a segunda votação prévia na disputa da vaga de candidato do Partido Republicano na eleição presidencial de 2024

O caso desta terça é um dos quatro processos criminais que Trump enfrenta enquanto tenta recuperar a Casa Branca este ano.

Posts Relacionados

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Israel combate o Hamas e o Hezbollah, aliados do Irã, que apoia também os Houthis, grupo rebelde do Iêmen que ataca navios

pt_BRPortuguese