Voltar ao Início

Você está em:

União Europeia anuncia novas sanções a Rússia

Medidas incluem restrições comerciais, veto a participação de europeus na chefia de estatais e base legal para teto no preço do petróleo
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A União Europeia (UE) apresentou nesta quarta-feira mais uma proposta de sanções contra a Rússia em resposta à invasão na Ucrânia, que se acirrou com a mobilização parcial dos reservistas russos, ameaças nucleares e referendos "fraudulentos" para anexar territórios ocupados. Além de mirar cidadãos e entidades russas, incluem também mais restrições comerciais que custarão bilhões a Moscou, o veto à participação de europeus na chefia de estatais do Kremlin e o fundamento legal a um possível teto no preço do petróleo.

As medidas vinculantes foram propostas pela presidente da Comissão Europeia, o braço Executivo da UE, Ursula von der Leyen, em uma coletiva em Bruxelas. O pacote modesto, o primeiro anunciado por Bruxelas desde julho, é o mais recente de uma enxurrada de sanções impostas desde que a guerra na Rússia eclodiu, em 24 de fevereiro — represália que almeja minar a capacidade do Kremlin de financiar a guerra, mas que tem tido apenas sucesso relativo neste sentido.
— O referendo fraudulento nos territórios que a Rússia ocupou são uma tentativa ilegal de tomar territórios e mudar fronteiras internacionais à força. Mobilização e as ameaças de Putin usar armas nucleares são outros passos no caminho acirramento. Não aceitamos o referendo fraudulento ou qualquer tipo de anexação de terras ucranianas — disse Von der Leyen. — Estamos determinados a fazer o Kremlin pagar.

Para entrar em vigor, as iniciativas precisarão do aval dos 27 Estados-membros, consenso que Bruxelas tem cada vez mais dificuldade para conseguir. Encabeçados pelo ultraconservador húngaro Viktor Orbán, alguns integrantes começam a questionar a eficácia das medidas e suas consequências para o próprio continente: o preço dos combustíveis disparou, catapultando a inflação europeia, e os cortes no fornecimento de gás russo causam uma crise energética.

Ainda assim, a expectativa é que o pacote recém-proposto receba o sinal verde antes da reunião informal dos líderes da UE marcada para os dias 6 e 7 em Praga. Segundo Von der Leyen, as restrições comerciais incluem novos e "maciços" vetos à importação de produtos russos para "mantê-los fora do mercado europeu", custando a Moscou adicionais 7 bilhões de euros de receita.

Posts Relacionados

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Presidente da Argentina, Milei ofereceu apoio a Musk nos processos da Justiça brasileira em que o bilionário está sendo investigado

México pede suspensão do Equador na ONU

México pede suspensão do Equador na ONU

O objetivo da denúncia mexicana é "garantir a reparação do dano moral infligido ao Estado mexicano e a seus cidadãos", disse a ministra

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Ele não deu mais detalhes. Pouco depois, o Departamento de Estado dos Estados Unidos disse que não foi informado sobre os planos

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

A profundidade do terremoto, de acordo com a USGS, foi de 5 quilômetros abaixo da superfície -- uma profundidade considerada baixa

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Ele também afirmou que apoiar a Ucrânia é importante porque os russos estão recebendo ajuda para aumentar sua indústria de defesa

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

O primeiro-ministro de Israel é pressionado pela antecipação de eleições gerais e pela crise deflagrada em sua coligação extremista

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou que sete de seus membros, entre eles três comandantes, morreram no bombardeio

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Os Estados Unidos optaram por jogar caixas de aviões porque há dificuldades para entrar com caminhões na Faixa de Gaza

pt_BRPortuguese