Voltar ao Início

Você está em:

Zelensky diz que ‘guerra está retornando à Rússia’

Volodymyr Zelensky afirmou que a volta de guerra ao território da Rússia é 'um processo inevitável, natural e absolutamente justo'
Amanda Omura

Amanda Omura

Um ataque com drones em Moscou neste domingo (30/7) danificou a fachada de dois prédios sem deixar feridos, afirmaram autoridades russas.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que três drones ucranianos foram derrubados e que dois se chocaram a escritórios. Nas últimas 24 horas um total de 44 equipamentos do tipo foram interceptados, disse o ministério.

A Tass, agência estatal de notícias, afirmou que um guarda do prédio ficou ferido por estilhaços de vidro no ataque de Moscou, atribuindo a informação a uma pessoa não identificada dos serviços de emergência.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky declarou em uma gravação de vídeo que "gradualmente, a guerra está retornando ao território da Rússia — aos seus centros simbólicos e bases militares, e isso é um processo inevitável, natural e absolutamente justo".

"Hoje é o 522° dia da chamada 'Operação Militar Especial', que a liderança russa pensou que duraria algumas semanas", afirmou Zelensky que não assumiu abertamente a autoria do ataque deste domingo.

Os voos foram brevemente suspensos no aeroporto de Vnukovo, a sudoeste do centro de Moscou, após a ação com drone.

Uma testemunha ocular, que apenas deu seu primeiro nome como Liya, disse à agência de notícia Reuters que viu fogo e fumaça. "Ouvimos uma explosão e foi como uma onda, todos pularam", disse ela. "Aí havia muita fumaça e não dava para ver nada. De cima, dava para ver fogo."

Horas antes, o presidente russo Vladimir Putin disse não rejeitar negociações de paz sobre o conflito.

Acontecimentos dos últimos dias na guerra
O presidente Zelensky visitou nos últimos dias as forças especiais ucranianas perto de Bakhmut, a cidade onde alguns dos combates mais violentos da guerra estão ocorrendo.

As autoridades ucranianas disseram que as tropas de Kiev estão avançando gradualmente perto de Bakhmut, no leste, que as forças russas tomaram em maio.

Posts Relacionados

El Salvador se consolida como regime de partido único

El Salvador se consolida como regime de partido único

Apesar da alta popularidade, presidente concentra poderes e anuncia a pulverização da oposição, com controle de 58 das 60 cadeiras

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

EUA discute sobre a responsabilização das big techs

Mark Zuckerberg pediu desculpas a familiares de crianças e adolescentes afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores impõem ‘cerco’ a Paris em protesto

Agricultores pressionam governo para recuperar danos causados pela inflação e a guerra, além de políticas prejudiciais ao setor

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Começa paralisação na Argentina contra Milei

Ato foi convocado pela maior central sindical do país e tem adesão de funcionários de bancos, comércio, setor bancário e caminhoneiros

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Nikki Haley parte para o tudo ou nada contra Trump

Única desafiante ao ex-presidente na disputa republicana, ex-embaixadora da ONU passa a criticá-lo, para tentar reduzir a vantagem dele

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Irã e Paquistão abrem diálogo por crise no Oriente

Nesta semana, Paquistão disse que bombardeou base de grupo separatista em território iraniano, um dia após dizer ter sido atacado Irã

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Otan convoca 90 mil soldados para exercício militar

Aliança militar do Ocidente convoca 90 mil soldados de países membros e da Suécia para primeiro exercício militar de 2024

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Conflitos se espalham pelo Oriente Médio

Israel combate o Hamas e o Hezbollah, aliados do Irã, que apoia também os Houthis, grupo rebelde do Iêmen que ataca navios

pt_BRPortuguese