Voltar ao Início

Você está em:

Zelensky visita Bucha após massacre e acusa Rússia de genocídio

Presidente da Ucrânia visitou a cidade que foi encontrada no sábado com aproximadamente 400 corpos nas ruas, segundo governo
Amanda Omura

Amanda Omura

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, visitou a cidade de Bucha nesta segunda-feira (4), dois dias após a divulgação mundial de imagens com corpos mortos no chão, valas comuns e rastros de destruição.
Após um longo período no centro de Kiev, capital do país, Zelensky deixou brevemente a cidade para visitar Bucha. Após a visita ele disse que o massacre irá atrasar o processo de negociação de paz com a Rússia.
"Estes são crimes de guerra e serão reconhecidos pelo mundo como genocídio", disse ele.

O Kremlin negou quaisquer acusações relacionadas ao assassinato de civis.
"Queremos mostrar pro mundo o que a Rússia fez. Queremos que vejam o que a federação russa fez com a pacífica Ucrânia. Tem que ser mostrado que eram todos civis", disse Zelensky para jornalistas.

Repercussão
Após a divulgação das imagens do ataque, alguns representantes falaram por seus países.
O presidente americano Joe Biden pediu um julgamento por crimes de guerra contra o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e disse que buscaria mais sanções após relatos de atrocidades na Ucrânia.
"Vocês viram o que aconteceu em Bucha. Ele é um criminoso de guerra", disse Biden a jornalistas.

O presidente da França, Emmanuel Macron, disse que será necessária uma nova rodada de sanções à Rússia depois do ataque a civis na cidade ucraniana de Bucha.
"Há pistas muito claras que apontam para crimes de guerra. Está mais ou menos estabelecido que o exército russo é responsável. O que aconteceu em Bucha exige uma nova rodada de sanções e medidas muito claras", disse Macron para a rádio France Inter.
Para o presidente francês, as novas sanções devem visar atingir o carvão e o petróleo russo.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, disse que a União Europeia está pronta e disponível para enviar equipes de investigação para a Ucrânia a fim de documentar crimes de guerra russos e crimes contra a humanidade.

Posts Relacionados

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Milei se encontra com Elon Musk e oferece apoio

Presidente da Argentina, Milei ofereceu apoio a Musk nos processos da Justiça brasileira em que o bilionário está sendo investigado

México pede suspensão do Equador na ONU

México pede suspensão do Equador na ONU

O objetivo da denúncia mexicana é "garantir a reparação do dano moral infligido ao Estado mexicano e a seus cidadãos", disse a ministra

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Netanyahu diz que já tem data para atacar Rafah

Ele não deu mais detalhes. Pouco depois, o Departamento de Estado dos Estados Unidos disse que não foi informado sobre os planos

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

Terremoto de 4,8 de magnitude atinge Nova York

A profundidade do terremoto, de acordo com a USGS, foi de 5 quilômetros abaixo da superfície -- uma profundidade considerada baixa

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Blinken diz que Ucrânia vai ser membro da Otan

Ele também afirmou que apoiar a Ucrânia é importante porque os russos estão recebendo ajuda para aumentar sua indústria de defesa

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

Pressionado, Netanyahu endurece o discurso

O primeiro-ministro de Israel é pressionado pela antecipação de eleições gerais e pela crise deflagrada em sua coligação extremista

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

Ataque destrói consulado iraniano na Síria

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou que sete de seus membros, entre eles três comandantes, morreram no bombardeio

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Na Faixa de Gaza, 12 pessoas morrem afogadas

Os Estados Unidos optaram por jogar caixas de aviões porque há dificuldades para entrar com caminhões na Faixa de Gaza

pt_BRPortuguese