Voltar ao Início

Você está em:

Mundo não eliminará pobreza extrema em 2030, alerta Banco Mundial

O atraso se deve, segundo a instituição, à pandemia, que provocou o maior aumento da pobreza
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O mundo não conseguirá erradicar a pobreza extrema em 2030, data estabelecida pela Assembleia Geral da ONU para cumprir com seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável adotados em 2015, estimou o Banco Mundial (BM) em um relatório nesta quarta-feira (5).

O atraso se deve, segundo a instituição financeira, à pandemia de covid-19, que provocou o maior aumento da pobreza desde 1990, tendência que poderia ser reforçada com a guerra da Ucrânia, segundo seu relatório anual sobre a pobreza.

Cerca de 70 milhões de pessoas caíram na pobreza extrema em 2020, segundo o BM, que estima que quase 720 milhões de pessoas viviam com menos de 2,15 dólares por dia no final desse ano.

Durante a pandemia, a renda dos 40% mais pobres, muitas vezes procedentes da economia informal em muitos países, caiu em média duas vezes mais do que os dos 20% mais ricos, aprofundando as desigualdades.
"Inflação, desvalorizações cambiais e crises sobrepostas" apontam para uma perspectiva sombria, disse o presidente do Banco Mundial, David Malpass, em nota.
"O progresso na redução da pobreza extrema estagnou junto com o crescimento econômico global moderado", acrescentou.

A África Subsaariana concentra 60% dos mais pobres, ou seja, quase 390 milhões de pessoas, com uma taxa de pobreza de 35%.

Para eliminar a pobreza extrema no continente africano para 2030, o Banco Mundial estima que seria necessário um crescimento de 9% por ano em cada país desta região no final da década, "uma marca particularmente alta para países cujo crescimento do PIB per capita foi em média de 1,2% durante a década anterior à pandemia", estima o Banco Mundial.
"Investir em melhores serviços de saúde e educação será crucial para as economias em desenvolvimento na próxima década", disse o economista-chefe do Banco Mundial, Indermit Gill.

Para reverter a tendência, a instituição pede aos governos que direcionem melhor a ajuda para reservá-la para os mais pobres, incentivem o investimento em educação, pesquisa e desenvolvimento e considerem uma tributação que leve mais em consideração as rendas.

Meio salário mínimo
Quase um terço dos brasileiros tem menos de meio salário mínimo para passar o mês. É o que aponta o Mapa da Nova Pobreza, divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Segundo a fundação, o contingente de pessoas com renda domiciliar per capita até R$ 497 mensais atingiu 62,9 milhões de brasileiros em 2021, cerca de 29,6% da população total do país. O dado corresponde a 9,6 milhões a mais que 2019 — o número de novos pobres surgidos ao longo da pandemia é quase o tamanho de Portugal.

Posts Relacionados

Brasil precisa importar arroz? Por que o preço subiu mais de 20% em um ano?

Brasil precisa importar arroz? Por que o preço subiu mais de 20% em um ano?

País produz menos do que consome e supre demanda com importações e estoques de colheitas anteriores

FGTS corrigido pela inflação: veja simulação e entenda o que muda para o trabalhador

FGTS corrigido pela inflação: veja simulação e entenda o que muda para o trabalhador

Para especialista, medida vai garantir maior proteção aos rendimentos do trabalhador

Rede de postos anuncia reajuste no preço da gasolina, diesel e etanol

Rede de postos anuncia reajuste no preço da gasolina, diesel e etanol

A distribuidora diz que cabe aos revendedores decidir sobre o preço dos combustíveis na bomba

Por que cada vez mais brasileiros estão pedindo demissão?

Por que cada vez mais brasileiros estão pedindo demissão?

Dados do Ministério do Trabalho revelam que 7,3 milhões de brasileiros pediram demissão em 2023

Temu: varejista concorrente da Shopee e AliExpress inicia vendas no Brasil

Temu: varejista concorrente da Shopee e AliExpress inicia vendas no Brasil

Empresa de comércio eletrônico chega um dia após o Senado aprovar a chamada "taxa das blusinhas"

Governo divulga rótulo do arroz que será importado; pacote de 5 kg será vendido por R$ 20

Governo divulga rótulo do arroz que será importado; pacote de 5 kg será vendido por R$ 20

Governo vai comprar 300 mil toneladas e as primeiras vão chegar entre 10 de junho e 8 de setembro

Turismo internacional tem melhor abril da história com entrada de US$ 620 milhões

Turismo internacional tem melhor abril da história com entrada de US$ 620 milhões

Valor gasto por visitantes de outros países para o mês cresceu de 37,1% em relação a abril de 2023

Desemprego vai a 7,5% no trimestre terminado em abril, diz IBGE

Desemprego vai a 7,5% no trimestre terminado em abril, diz IBGE

Desocupação atinge 8,2 milhões. É o melhor resultado para este trimestre móvel desde 2014

pt_BRPortuguese