Voltar ao Início

Você está em:

44% das mortes por câncer são ligados a fumar, beber e excesso de peso

Fumo, consumo de álcool, uso de drogas, dieta com baixo valor nutricional e sexo desprotegido são fatores de risco
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Um estudo publicado na revista científica "The Lancet" aponta que o tabagismo, o consumo de álcool e o alto índice de massa corporal estão no topo da lista dos fatores de risco para o desenvolvimento de câncer. Casos da doença associados a esses e a outros fatores foram responsáveis por quase 4,45 milhões de mortes no mundo em 2019. O número representa 44,4% de todas as mortes por câncer naquele ano.
A pesquisa é uma revisão do estudo 'Global Burden of Diseases, Injuries, and Risk Factors' (Carga Global de Doenças, Lesões e Fatores de Risco), que inclui os dados globais de saúde mais atualizados de 2019.

Ao todo, foram contabilizados 34 fatores de risco comportamentais, metabólicos, ambientais e ocupacionais que contribuíram para mortes e problemas de saúde devido a 23 tipos de câncer em 2019.
Hierarquicamente, os cinco fatores mais prejudicais são:
fumo,
consumo de álcool,
uso de drogas,
dieta com baixo valor nutricional,
sexo desprotegido.

Essa é a primeira estimativa dos fatores que contribuem para as mortes por câncer que considera dados como demografia, doenças e lesões, fatores de risco, previsão populacional e cobertura universal de saúde.
"Este estudo ilustra que a carga do câncer continua sendo um importante desafio de saúde pública que está crescendo em magnitude em todo o mundo. O tabagismo continua a ser o principal fator de risco mundial para o câncer”, diz Christopher Murray, diretor do Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde (IHME) da Escola de Medicina da Universidade de Washington e co-autor do estudo.
Risco comportamental
Os fatores de risco comportamentais citados (fumo, consumo de álcool, uso de drogas, dieta com baixo valor nutricional e sexo desprotegido) foram responsáveis ​​pela grande maioria dos diagnósticos de câncer globalmente, causando 3,7 milhões de mortes em 2019.
“Nossas descobertas podem ajudar os formuladores de políticas e pesquisadores a identificar os principais fatores de risco que podem ser direcionados nos esforços para reduzir as mortes e problemas de saúde por câncer regional, nacional e globalmente”, diz Murray.

Quase 2,88 milhões de mortes de homens (50,6% de todas as mortes por câncer neste grupo) podem ser atribuídas aos motivos estudados, em comparação com 1,58 milhão de mortes de mulheres (36,3%). Já as mortes globais por câncer devido aos fatores de risco cresceram cerca de 20,4% no período entre 2010 e 2019.

Posts Relacionados

Abraço, massagem e mais: contato físico pode ajudar a regular o hormônio do estresse

Abraço, massagem e mais: contato físico pode ajudar a regular o hormônio do estresse

Pesquisadores avaliaram os efeitos do contato físico. Toque é importante não só para bebês, mas também para adultos

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

Professor da UNESP explica que o cérebro não possui um ‘disco rígido’ onde as nossas lembranças são armazenadas

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Fonte de fibras, a pipoca pode ser combinada com outros itens e formar uma refeição. Também é uma boa opção de lanche

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Pacientes com a doença costumam não ser levados a sério. Mulheres têm seis vezes mais chances de desenvolver a síndrome

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Meninas estão entrando na puberdade mais cedo, possivelmente devido à exposição a poluentes atmosféricos

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Pesquisa analisou dados sobre as 20 principais doenças causadoras de morte. Resultado mostra influência de fatores biológicos

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

"Hormônio do estresse" ganhou fama de vilão, com vídeos nas redes sociais culpando um suposto desequilíbrio hormonal

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Os pesquisadores comprovaram a relação dos exercícios físicos com o desempenho cognitivo dos alunos

pt_BRPortuguese