Voltar ao Início

Você está em:

Pé torto congênito: entenda o que é e como é o tratamento

O procedimento no SUS trata pacientes que nasceram com pés tortos e envolve a utilização de gesso por várias semanas
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

Um procedimento é feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para tratar pacientes que nasceram com os pés tortos.

"O pé torto congênito é uma deformidade que a gente enxerga ao nascimento, em recém nascidos, no qual o pé tem múltiplas deformidades. É um pé que ele é pra dentro, pra baixo, que tem o arco do pé mais exacerbado. Tem uma deformidade complexa, porque acomete recém-nascidos. Alguns estudos mostram que cerca de 1% da população tem os pés tortos ao nascimento", relata Davi Haje, médico ortopedista e traumatologista.

O que é
O pé torto congênito se caracteriza como uma má formação congênita que se desenvolve no período da gestação. Portanto, se as mães ou pais notarem que o bebê nasceu com os pés virados para dentro, pode se tratar de um caso de pé torto congênito.

O problema acomete todos os tecidos ósseos e musculares abaixo do joelho, criando assim, uma deformidade em um ou nos dois pés. Segundo a Revista Brasileira de Ortopedia (RBO), a condição afeta aproximadamente um bebê em cada 1.000 nascidos vivos. Além disso, é mais comum em meninos do que em meninas.

O procedimento
O método Haje, foi criado pelo médico Sydney Haje e consiste em tratar as deformidades toráxicas com órteses, sem cirurgia. O filho dele, Davi Haje, adaptou a técnica em conjunto com um método utilizado em recém-nascidos para tratar o pé torto congênito em adultos, o chamado método Ponseti.

O método de Ponseti envolve usar o gesso seriado, uma pequena cirurgia no tendão de aquiles e o uso de uma órtese ao final do tratamento.

"A primeira publicação de um paciente adulto na literatura médica foi feita por mim, em 2020, que foi o caso da Daiana", completa Davi Haje.

"Quando eu cheguei, e como eu era o primeiro caso, ele falou assim 'talvez, pudesse não dar certo'. Ele sempre dava aquele se. No meu caso, eu sentia medo de fazer e não dar certo, mas foi provado o contrário, né", relata Daiana Nascimento.

"Ela foi um marco, a gente conseguiu ver que era possível e ela disseminou essa possibilidade a outros pacientes", destaca o médico.
Davi Haje ressalta que já tratou 25 pacientes, e um total de 36 pés - e com o método de Ponseti. E que desse total de pés, 30% precisou fazer uma cirurgia óssea ao final do método.

"Quando você faz uma cirurgia óssea após o método de Ponseti, é uma cirurgia muito menor e com muito menos riscos do que se eu fosse fazer uma cirurgia sem o método de Ponseti previamente", completa o médico.

Posts Relacionados

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

Professor da UNESP explica que o cérebro não possui um ‘disco rígido’ onde as nossas lembranças são armazenadas

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Fonte de fibras, a pipoca pode ser combinada com outros itens e formar uma refeição. Também é uma boa opção de lanche

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Pacientes com a doença costumam não ser levados a sério. Mulheres têm seis vezes mais chances de desenvolver a síndrome

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Meninas estão entrando na puberdade mais cedo, possivelmente devido à exposição a poluentes atmosféricos

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Pesquisa analisou dados sobre as 20 principais doenças causadoras de morte. Resultado mostra influência de fatores biológicos

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

"Hormônio do estresse" ganhou fama de vilão, com vídeos nas redes sociais culpando um suposto desequilíbrio hormonal

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Os pesquisadores comprovaram a relação dos exercícios físicos com o desempenho cognitivo dos alunos

Zolpidem: ‘Pacientes tomam 300 comprimidos por dia’

Zolpidem: ‘Pacientes tomam 300 comprimidos por dia’

O remédio usado no tratamento contra a insônia, disponível no mercado há mais de 30 anos, ganhou protagonismo maior na última década, pela junção de

pt_BRPortuguese