Voltar ao Início

Você está em:

Rússia diz que interrompe ataques se Ucrânia mudar a constituição

Segundo o porta-voz da Rússia, Dmitry Peskov, as condições para parar com a operação militar incluí ceder territórios
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Rússia disse que interromperá ataques assim que Ucrânia atender demandas exigidas, como mudar a constituição e ceder territórios.
Segundo o porta-voz da Rússia, Dmitry Peskov, as condições para parar com a operação militar incluem:
Fim das ações militares da Ucrânia
Mudar a constituição em prol da neutralidade
Reconhecer a Crimeia como território russo
Reconhecer Donetsk e Luhansk como países independentes
"Estamos concluindo a desmilitarização da Ucrânia. Vamos terminar isso. Mas o mais importante é que a Ucrânia interrompa as ações militares. Se eles fizeram isso, ninguém mais irá atirar", disse Peskov.

12º dia
Nesta segunda (7), a ofensiva russa na Ucrânia chega ao seu décimo segundo dia. Os dois países em conflito podem voltar a discutir hoje.
No sábado (5), o negociador ucraniano David Arakhamia disse que as negociações aconteceriam nesta segunda, sem fornecer mais detalhes. Já os russos foram menos assertivos.
"A terceira rodada pode de fato acontecer nos próximos dias, é possível que seja na segunda-feira, dia 7", disse o negociador russo Leonid Slutsky, segundo a agência Interfax.
As delegações ucranianas e russas já tiveram duas rodadas de negociações desde o início da ofensiva, no dia 24 de fevereiro. No último encontro, os países concordaram com a criação de corredores humanitários para a retirada de civis, que não foi respeitada.

2 cessar-fogos frustrados
Após uma fracassada tentativa de formar um corredor humanitário no sábado, uma nova promessa de cessar-fogo para retirada de civis de Mariupol e Volnovakha foi frustrada pela continuidade dos ataques.

Refugiados chegam a 1,5 milhão
O número de pessoas que fugiram do conflito na Ucrânia superou neste domingo (6) a barreira de 1,5 milhão, o que constitui a crise de refugiados mais acelerada desde a Segunda Guerra Mundial, anunciou a ONU.

Posts Relacionados

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

África do Sul tem eleições mais acirradas

África do Sul tem eleições mais acirradas

Serão eleitos 400 deputados nomeados proporcionalmente, indicados por 50 partidos. O novo Parlamento nomeará o próximo presidente

Gema de ovo é boa para a memória? Sal é vilão? O que ajuda na saúde do cérebro

Gema de ovo é boa para a memória? Sal é vilão? O que ajuda na saúde do cérebro

Peixes gordos, oleaginosas, frutas e vegetais escuros contêm propriedades importantes para o nosso cérebro

Forças de Israel e do Egito trocam tiros em fronteira

Forças de Israel e do Egito trocam tiros em fronteira

Sites locais falam ainda de um soldado egípcio morto. Exército de Israel confirma que houve um "incidente" na fronteira

Acaba mandato de Zelensky, mas continua presidente

Acaba mandato de Zelensky, mas continua presidente

Terminou oficialmente na segunda-feira (20) o mandato do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Apesar disso, ele seguirá como chefe do Executivo do país. Em guerra

pt_BRPortuguese