Voltar ao Início

Você está em:

Ministro vê possíveis irregularidades em contratos de propaganda sobre Covid

Tribunal quer saber se governo fez pesquisa de preço e se valores são confiáveis e compatíveis com material
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Walton Alencar Rodrigues verificou, em análise preliminar, possíveis irregularidades em contratos para a produção de propagandas do governo federal relacionadas às medidas de combate à pandemia de Covid-19 e às ações para retomada da atividade econômica.

Rodrigues é relator de um requerimento do deputado Elias Vaz (PSB-GO). A suspeita é de superfaturamento na contratação de cinco empresas que, em conjunto, produziram 13 vídeos de 30 segundos cada, no valor total de quase R$ 4,3 milhões.

As empresas prestaram serviços à uma agenda de publicidade que tem contrato com o Ministério da Saúde. Nesta quarta-feira (24), o Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu solicitar esclarecimentos ao Ministério da Saúde e à Secretaria Especial de Comunicação Social sobre os contratos. A fiscalização se dará em cima de notas fiscais emitidas em 2020.

Em resumo, o tribunal quer saber se o governo realizou pesquisas para saber se os valores das contratações estavam adequados frente aos valores de mercado. E se, caso usado a base de dados do governo para referência de preços, se os valores são confiáveis e compatíveis com o material entregue pelas produtoras contratadas.

Indícios de irregularidades
O ministro Walton Alencar Rodrigues diz que chama a atenção a quantidade de pessoas e equipamentos nos quadros de custos apresentados pelas empresas para a produção de vídeos "sem aparente complexidade de execução".

As remunerações dos técnicos escalados para produção dos vídeos estariam, a princípio, incompatíveis com os valores de mercado, segundo o ministro.

Além disso, foi incluída na planilha de custos a rubrica "taxa de impostos", o que é vedado pela jurisprudência do tribunal.

Haveria, ainda, indícios de que a equipe do governo que autorizou a contratação não possuía conhecimento sobre as "técnicas de orçamentação dos produtos e/ou da ausência de análise crítica das cotações apresentadas".

O ministro relata, também, significativa variação de preço unitário dos vídeos (R$ 130 mil a R$ 593,7mil), que, aparentemente e em avaliação prévia do TCU, "possuem características semelhantes em termos de duração, efeitos especiais e não participação de artistas consagrados".

Posts Relacionados

Governo é contra qualquer mudança na atual legislação do aborto, diz Padilha

Governo é contra qualquer mudança na atual legislação do aborto, diz Padilha

Ministras e ministros do governo Lula se posicionaram contra o projeto de lei que equipara o aborto ao crime de homicídio

Lula defende Haddad, ministro diz que fará revisão de gastos do governo

Lula defende Haddad, ministro diz que fará revisão de gastos do governo

Lula estremeceu o mercado ao enfatizar que não vai apartar agenda social de economia, e precisou defender o ministro

Lula critica ideia de ‘casas provisórias’ para atingidos por enchentes no RS

Lula critica ideia de ‘casas provisórias’ para atingidos por enchentes no RS

Governador do RS anunciou a construção de 500 moradias temporárias, de 27 metros quadrados cada

STF dá 10 dias para governo de SP explicar projeto das escolas cívico-militares

STF dá 10 dias para governo de SP explicar projeto das escolas cívico-militares

Projeto foi sancionado no final de abril por Tarcísio depois ser aprovado na Alesp sob forte protesto de estudantes

STF rejeita pedido para proibir parentes na chefia do Legislativo e Executivo ao mesmo tempo

STF rejeita pedido para proibir parentes na chefia do Legislativo e Executivo ao mesmo tempo

Cármen Lúcia defendeu que cabe ao Legislativo impor restrições a parentes chefiando cargos no mesmo estado

Lula diz que ‘muita gente fica com raiva’ diante de medidas de proteção ao meio ambiente

Lula diz que ‘muita gente fica com raiva’ diante de medidas de proteção ao meio ambiente

Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, anunciou uma série de ações do governo para a área ambiental

Lula encontra Zoran Milanović e reafirma meta de desmatamento zero na Amazônia

Lula encontra Zoran Milanović e reafirma meta de desmatamento zero na Amazônia

Os líderes trataram do estreitamento das relações bilaterais e das relações do Brasil com a União Europeia

Congresso abre R$ 2,8 bilhões em créditos para Saúde e Desenvolvimento Regional

Congresso abre R$ 2,8 bilhões em créditos para Saúde e Desenvolvimento Regional

Oposição criticou e disse que texto serviria de arranjo para 'balcão de negócios' no Congresso. Projeto vai à sanção

pt_BRPortuguese