Voltar ao Início

Você está em:

PGR vê ‘claro viés político’ e se posiciona contra abertura de inquérito sobre relógio de Lula

Deputado pediu apuração no mesmo inquérito que investiga negociação de presentes oficiais recebidos por Bolsonaro
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu, em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o tribunal rejeite a abertura de uma investigação sobre um relógio de pulso recebido como presente oficial pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2005 e não declarado.

O parecer é assinado pelo subprocurador-geral da República, Carlos Frederico dos Santos. No documento, ele afirma:
que a ação tem "claro viés político" e é "manifestamente descabida";
que o relógio de Lula não tem qualquer relação com a suposta negociação ilegal de presentes oficiais de Bolsonaro;
que a representação não indicou provas ou fatos novos e apenas repetiu matérias jornalísticas.

O relógio, da marca Piaget, foi dado a Lula pelo então presidente da França, Jacques Chirac, e é avaliado em R$ 80 mil.

Em 2016, o TCU determinou que os ex-presidentes restituíssem os presentes recebidos em função do cargo. Lula devolveu mais de 400 itens, mas ficou com o relógio. O mandatário também ficou com outros dois relógios de luxo e um colar de ouro branco.

O deputado federal Rodrigo Valadares (União-SE) fez uma representação ao Supremo para investigar o relógio de Lula no inquérito das milícias digitais, presidido pelo ministro Alexandre de Moraes.

Ao longo das investigações, o inquérito passou a abrigar outros temas, como ataques à democracia, a tentativa de golpe de Estado no dia 8 de janeiro deste ano, a suposta organização criminosa que teria tentado negociar presentes oficiais de Jair Bolsonaro e as suspeitas de fraude no cartão de vacina do ex-presidente.

O que diz a PGR
No parecer, o subprocurador argumentou que o relógio de Lula não tem qualquer relação com o objeto da investigação das milícias digitais.

“Por oportuno, cumpre registrar que, os fatos comunicados nesta representação não estão contemplados por esta investigação, porquanto não veiculam elementos concretos e reais de inserção em uma organização criminosa que atenta contra a Democracia e o Estado de Direito.”.

Posts Relacionados

Lula diz que pode tentar a reeleição ‘para evitar que trogloditas voltem a governar’

Lula diz que pode tentar a reeleição ‘para evitar que trogloditas voltem a governar’

Petista afirmou, contudo, que há 'muita gente boa' para se candidatar e que reeleição não é primeira hipótese

Governo é contra qualquer mudança na atual legislação do aborto, diz Padilha

Governo é contra qualquer mudança na atual legislação do aborto, diz Padilha

Ministras e ministros do governo Lula se posicionaram contra o projeto de lei que equipara o aborto ao crime de homicídio

Lula defende Haddad, ministro diz que fará revisão de gastos do governo

Lula defende Haddad, ministro diz que fará revisão de gastos do governo

Lula estremeceu o mercado ao enfatizar que não vai apartar agenda social de economia, e precisou defender o ministro

Lula critica ideia de ‘casas provisórias’ para atingidos por enchentes no RS

Lula critica ideia de ‘casas provisórias’ para atingidos por enchentes no RS

Governador do RS anunciou a construção de 500 moradias temporárias, de 27 metros quadrados cada

STF dá 10 dias para governo de SP explicar projeto das escolas cívico-militares

STF dá 10 dias para governo de SP explicar projeto das escolas cívico-militares

Projeto foi sancionado no final de abril por Tarcísio depois ser aprovado na Alesp sob forte protesto de estudantes

STF rejeita pedido para proibir parentes na chefia do Legislativo e Executivo ao mesmo tempo

STF rejeita pedido para proibir parentes na chefia do Legislativo e Executivo ao mesmo tempo

Cármen Lúcia defendeu que cabe ao Legislativo impor restrições a parentes chefiando cargos no mesmo estado

Lula diz que ‘muita gente fica com raiva’ diante de medidas de proteção ao meio ambiente

Lula diz que ‘muita gente fica com raiva’ diante de medidas de proteção ao meio ambiente

Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, anunciou uma série de ações do governo para a área ambiental

Lula encontra Zoran Milanović e reafirma meta de desmatamento zero na Amazônia

Lula encontra Zoran Milanović e reafirma meta de desmatamento zero na Amazônia

Os líderes trataram do estreitamento das relações bilaterais e das relações do Brasil com a União Europeia

pt_BRPortuguese