Voltar ao Início

Você está em:

Alergias infantis: os hábitos que podem ajudar a prevenir

Cientistas apontam para descobertas recentes que ajudam a entender e até mesmo a evitar essa condição
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

As alergias infantis estão crescendo em velocidade alarmante, particularmente nos países industrializados.
"Observamos que a incidência e a prevalência de alergias alimentares estão aumentando em todo o mundo", diz Kari Nadeau, professora de Medicina Pediátrica e diretora do Centro Sean N. Parker de Pesquisa de Asma e Alergia da Universidade Stanford, nos Estados Unidos.

No seu livro, The End of Food Alergy ("O fim da alergia alimentar", em tradução livre), ela classifica esse aumento como "epidêmico".

A alergia é o distúrbio crônico mais comum em crianças no Reino Unido. Afeta 40% - uma das taxas mais altas do mundo. Mas os pesquisadores indicam que a falta de dados precisos sobre a prevalência das alergias e a ampliação do uso desse termo podem dificultar a comparação direta das taxas em diferentes países.
Como as crianças ficam alérgicas?
"As crianças não nascem alérgicas", afirma George Du Toit, professor de Alergia Pediátrica do King's College de Londres. Mas a genética pode fazer com que um bebê seja mais propenso a desenvolver alergia em algum momento.

Se os dois pais forem alérgicos, seus filhos têm 60% a 80% de risco de também desenvolver alergias, em comparação com o risco de 5% a 15% entre as crianças sem pais alérgicos.
Começa na pele
Bebês com eczemas são 6 vezes mais propensos a ter alergia a ovos e 11 vezes mais propensos a ter alergia a amendoim até os 12 meses de vida que os bebês sem eczema, segundo um estudo populacional com crianças de 1 ano de idade realizado na Austrália.

No Reino Unido, uma em cada cinco crianças com até 2 anos de idade tem eczema. O número de crianças com eczema e rinite alérgica no Reino Unido atualmente é mais que o triplo que nos anos 1960.

'Limpo demais' é realmente um problema?
O estudo demonstra que limpar a casa "não reduz necessariamente a exposição da criança à mãe ou à natureza, enquanto a microbiota não natural da casa moderna não é útil e pode ser tóxica", segundo Graham Rook, professor emérito de Microbiologia Médica do UCL e principal autor do estudo.
Embora a limpeza no lar não seja mais considerada um fator de risco para alergias, fatores ambientais podem influenciar o desenvolvimento do seu sistema imunológico e condições alérgicas.

O parto e a saúde intestinal
Bebês que nascem de parto normal e são expostos às bactérias vaginais e intestinais da mãe durante o processo têm contagens de bactérias intestinais mais altas que as que nascem de cesariana.

Posts Relacionados

Abraço, massagem e mais: contato físico pode ajudar a regular o hormônio do estresse

Abraço, massagem e mais: contato físico pode ajudar a regular o hormônio do estresse

Pesquisadores avaliaram os efeitos do contato físico. Toque é importante não só para bebês, mas também para adultos

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

‘Esquecer’ é tão importante quanto ‘lembrar’ para a longevidade da memória

Professor da UNESP explica que o cérebro não possui um ‘disco rígido’ onde as nossas lembranças são armazenadas

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Pipoca é janta? Entenda quando o alimento é considerado saudável e pode ajudar na dieta

Fonte de fibras, a pipoca pode ser combinada com outros itens e formar uma refeição. Também é uma boa opção de lanche

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Fibromialgia atinge músculos e ligamentos e afeta até 7 vezes mais as mulheres

Pacientes com a doença costumam não ser levados a sério. Mulheres têm seis vezes mais chances de desenvolver a síndrome

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Meninas estão entrando na puberdade mais cedo, possivelmente devido à exposição a poluentes atmosféricos

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Mulheres vivem mais do que homens, mas com saúde pior, revela estudo

Pesquisa analisou dados sobre as 20 principais doenças causadoras de morte. Resultado mostra influência de fatores biológicos

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

Cortisol é mesmo o culpado por seus problemas de saúde?

"Hormônio do estresse" ganhou fama de vilão, com vídeos nas redes sociais culpando um suposto desequilíbrio hormonal

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Sedentarismo e sobrepeso em crianças afetam o desempenho na escola

Os pesquisadores comprovaram a relação dos exercícios físicos com o desempenho cognitivo dos alunos

pt_BRPortuguese