Voltar ao Início

Você está em:

EUA enviam caças F-15 à à Base Aérea de Łask

Anúncio ocorre dias após caças F-15 interceptarem aeronaves russas e soldados americanos começarem a desembarcar na Romênia
Picture of Amanda Omura

Amanda Omura

A Força Aérea dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (10) o envio de caças F-15 à Base Aérea de Łask, na Polônia, para "melhorar a defesa coletiva da Otan e apoiar a missão de policiamento aéreo".

A Polônia faz parte da aliança militar e faz fronteira, ao leste e ao norte, com Ucrânia, Belarus e um pequeno pedaço da Rússia na Europa, além da Lituânia.

O anúncio ocorre dias após caças F-15 interceptarem aeronaves russas no mar Báltico e soldados americanos começarem a desembarcar na Romênia, país que também é o membro da Otan e também faz fronteira com a Ucrânia.

"Os F-15 Eagles fazem parte 48ª ala de caça da Royal Air Force Lakenheath, no Reino Unido, vão trabalhar ao lado das aeronaves F-16 polonesas e dinamarquesas que já executam a missão de policiamento aéreo da Otan na Base Aérea de Siauliai, na Lituânia", afirmou a Força Aérea americana.
"Os caças extras reforçarão a prontidão, a dissuasão e a defesa dos aliados, à medida que a Rússia continua o acúmulo militar dentro e ao redor da Ucrânia", segundo o comunicado.
"A implantação de F-15s dos EUA na Polônia eleva as capacidades de defesa coletiva no flanco leste da Otan e a missão de policiamento aéreo", disse o general Jeff Harrigian, comandante do Comando Aéreo Aliado e Comandante das Forças Aéreas dos EUA na Europa e Forças Aéreas na África.

Também nesta quinta, a Rússia começou a fazer exercícios militares com 30 mil soldados na vizinha Belarus e, em resposta às atividades, os ucranianos iniciaram dez dias de exercícios militares no país, com drones e mísseis antitanque.

Belarus (antiga Bielorrúsia) fica ao norte da Ucrânia e sua fronteira é perto da capital Kiev, o que pode indicar uma possível rota de uma nova invasão russa — a região ucraniana da Crimeia foi invadida e anexada pelo país em 2014.

Posts Relacionados

G7: líderes de países racham sobre aborto

G7: líderes de países racham sobre aborto

Apoio financeiro à Ucrânia é o principal tema do encontro, na Itália, que tem presença do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Acordo autoriza entrada da Ucrânia na Otan

Zelensky tem planos para que a Ucrânia entre na Otan já faz tempo, mas com a guerra, perdeu apoio dos países que compõem o grupo

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

Por que Macron pode dissolver o Parlamento na França?

A medida ocorreu depois da derrota do partido de Emmanuel Macron para de Le Pen nas eleições do Parlamento Europeu

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Temos mais armas nucleares que a Europa toda, diz Putin

Presidente russo afirmou também estar certo de sua vitória na guerra da Ucrânia, mas disse estar aberto a negociações de paz

Eleições no Parlamento Europeu começam

Eleições no Parlamento Europeu começam

A eleição para o Parlamento Europeu é a segunda maior votação do mundo. Espera-se que a participação neste ano seja a maior da história

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Biden tenta reforçar aliança com europeus

Presidente dos EUA chegou a Paris para participar das celebrações pelos 80 anos do Dia D. Ele se reunirá com o rei Charles III

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Claudia Sheinbaum influencia eleições dos EUA

Presidente eleita assumirá o cargo um mês antes do pleito americano. Biden e Trump duelam para controlar a narrativa sobre migrantes

África do Sul tem eleições mais acirradas

África do Sul tem eleições mais acirradas

Serão eleitos 400 deputados nomeados proporcionalmente, indicados por 50 partidos. O novo Parlamento nomeará o próximo presidente

pt_BRPortuguese