Maracanã terá quatro campos reservas para duas trocas de gramado por ano

Maracanã terá quatro campos reservas para duas trocas de gramado por ano

  • Redação
  • 10 de maio de 2024
  • Nenhum Comentário
  • 71
  • 3 minutos de leitura

A dupla Flamengo e Fluminense projeta mudança no tratamento do gramado do Maracanã. Está prevista a troca da grama por, pelo menos, duas vezes ao ano. Planejam ainda o cultivo do equivalente a quatro campos reservas em uma fazenda na Região dos Lagos. O projeto consta na proposta financeira que o consórcio Fla-Flu apresentou em licitação realizada pelo Governo do Estado.

O consórcio encabeçado pela dupla venceu a concorrência pública para a operação e exploração do Complexo Maracanã, o que inclui o estádio Maracanã e o ginásio Maracanãzinho pelos próximos 20 anos. O resultado ainda será oficializado pelo Governo em Diário Oficial nos próximos dias.

Nos últimos anos, o gramado apresentou muitos danos, principalmente após longas sequências de jogos. A situação provocou constantes críticas de jogadores, técnicos e dirigentes do futebol. O Maracanã recebe cerca de 70 jogos por ano. No planejamento apresentado ao Governo, essa média vai se manter, com ainda um grande show realizado anualmente.

Há cinco anos, Flamengo e Fluminense fazem a administração, manutenção e gestão do estádio, de forma temporária. Apesar da indefinição sobre o futuro, a dupla fez intervenções e agora pretende adotar medidas eficazes para resolver as falhas – em 2022, já houve modificação com adoção de pequeno percentual de gramado sintético no campo natural do estádio.

O novo projeto prevê que o gramado seja trocado de acordo com as condições climáticas do ano – um tipo nas proximidades do verão, outro, no inverno. As mudanças devem ser realizadas num período mais curto, em apenas uma semana, para não inviabilizar a realização de jogos. Para isso, o consórcio deve investir em equipamentos importados utilizados na Copa do Mundo do Catar.

Os quatro campos reservas serão cultivados em uma fazenda no município de Saquarema, na Região dos Lagos, a cerca de 100km do estádio – que pertencem à Greenleaf, que costuma renovar vínculo a cada dois anos com o Flamengo e Fluminense, e a Itograss, outra empresa especializada no tema.

77 jogos e 1 show
O Consórcio Fla-Flu projeta média de 77 jogos anuais no Maracanã e um show para 100 mil pessoas a cada ano – sempre no mês de janeiro, segundo a proposta financeira de Flamengo e Fluminense aberta na quarta-feira. Foi a última fase da licitação do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Related post

De viagra a remédio para a asma: mais de 300 remédios podem ficar mais baratos com a reforma

De viagra a remédio para a asma: mais de…

Projeto prevê 383 remédios com imposto zero, e todo o resto com alíquota reduzida
Maracanã adota protocolo contra assédio; denúncias são 23,7% maiores em dias de jogo

Maracanã adota protocolo contra assédio; denúncias são 23,7% maiores…

Sistema começa a entrar em vigor no jogo entre Flamengo e Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro
Lula recebe atletas olímpicos e diz que não foi comprovada corrupção em obras de eventos

Lula recebe atletas olímpicos e diz que não foi…

Lula lembrou dos grandes eventos que o Brasil recebeu, Copa e Olimpíadas, e disse que não foi comprovada corrupção

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *